Dezenas de ‘casuals’ do Benfica detidos em megaoperação policial em Braga

Dezenas de ‘casuals’ do Benfica detidos em megaoperação policial em Braga
| Norte
Porto Canal

Entre 40 a 50 pessoas foram detidas perto das 23h45 deste sábado, na zona da Sé, em Braga.

Fonte no local avançou ao Porto Canal que o grupo de indivíduos está ligado à claque do Benfica e estava a causar desacatos numa zona de bares densamente ocupada, na Rua de S. João. A Polícia de Segurança Pública acorreu ao local de forma célere e músculada e procedeu à detenção e identificação do grupo, composto por entre "40 a 50 pessoas."

Os casuals semearam o pânico no final da noite de sábado. Testemunhos falam em "limpeza total" de tudo por onde passavam. Segundo o Diário do Minho, as autoridades irromperam pouco tempo depois, "em sentido contrário ao trânsito, pela Rua D. Afonso Henriques e, depois, desceram pela Rua do Forno para encontrar os “casuals”, sendo que a maior parte deles acabou detido."

O jornal minhoto adianta ainda que "depois da situação estar controlada – os detidos ficaram, com as mãos encostadas á cabeça, junto às traseiras da Sé de Braga -, os detidos seguiram, envolvidos num forte cordão policial e enorme aparato, para o Largo de Santiago, onde, depois de uma curta espera, seguiram para dentro das instalações da PSP

Contactado pelo Porto Canal, o Comando Distrital de Braga da PSP confirmou os desacatos e a intervenção policial.

Este é o segundo episódio de violência associado às claques do Benfica na região do Minho no espaço de dois meses. A 10 de Agosto, um grupo de membros da claque No Name Boys, associados a adeptos do Hajduk Split, lançou o pânico no centro de Guimarães e acabou por ser interceptado e identiicado à chegada ao Porto.

O Benfica visitou este sábado o D. Afonso Henriques, em Guimarães, em jogo a contar para a 8.ª jornada da Liga. O encontro terminou empatado 0-0.

[Em Atualização]

 

 

+ notícias: Norte

Obra da Linha Rubi do metro corta rotunda Edgar Cardoso em Gaia durante dois anos

As obras da futura Linha Rubi (H) do Metro do Porto vão arrancar "em força" em Vila Nova de Gaia a partir de sexta-feira, cortando a rotunda Edgar Cardoso durante dois anos, revelou a transportadora esta segunda-feira.

Maior fabricante mundial de torres eólicas emprega mais de 1200 pessoas em Aveiro 

A empresa sul-coreana CS Wind vai inaugurar no dia 22 de maio uma nova unidade de produção na zona portuária de Aveiro. A nova infraestrutura do líder mundial de torres eólicas representou um investimento de 120 milhões de euros.

Queda da Farfetch não compromete construção da “Nova Califórnia” em Matosinhos

A Castro Group, empresa responsável pela criação do Fuse Valley, em Matosinhos, num investimento conjunto de 200 milhões de euros com a Farfetch, avança que o projeto está em fase final do processo de licenciamento do loteamento, aguardando aprovação “a qualquer momento”.