“Carlos, estás à escuta?” Presidente do SIRESP chamou comunicação social para provar que sistema não falha. Sistema falhou

“Carlos, estás à escuta?” Presidente do SIRESP chamou comunicação social para provar que sistema não falha. Sistema falhou
| País
Porto Canal

A comunicação social foi convidada pelo presidente do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) para uma demonstração de eficácia. Mas, num edifício no centro de Lisboa, separados por 10 pisos, os técnicos do SIRESP não conseguiram entrar em contacto durante 7 minutos. “No terreno é diferente”, garante o diretor técnico Carlos Leitão.

A ideia original dos administradores do SIRESP era assumir a utilidade e segurança do sistema, depois de várias críticas por parte de políticos, corporações de bombeiros e membros da Proteção Civil. No início da semana, o presidente do SIRESP, Paulo Viegas Nunes, garantia que a rede “não tem falhas na sua construção” nem rejeita chamadas, e nem falhou nos incêndios deste ano, mas queria uma prova para dar aos jornalistas.

Chegados à demonstração, esta terça-feira, nem tudo correu como previsto. Num edifício no centro de Lisboa, separados por 10 pisos de cimento, dois técnicos tentaram entrar em contacto. O sistema falhou ao longo de sete minutos.

“Carlos, estás à escuta?”, perguntava o tenente-coronel Vítor Custódio. Carlos Leitão respondia, mas a voz não chegou ao outro lado. “"Não estás cá", assumiu o diretor técnico. “No terreno é diferente”, atirou.

"Funciona. Há necessidade, muitas vezes, de posicionar os terminais. Como vimos, estamos aqui a falar de 11 andares de distância, num prédio que ganhou o prémio Secil. Portanto, cimento existe aqui à volta."

Estes rádios utilizados pela Proteção Civil, Bombeiros e outras autoridades funcionam com vários modelos. Podem fazer uma ligação direta através de rede, como se fosse um telemóvel, podem ser autênticos rádios, utilizando uma frequência.

A rede SIRESP tem mais de 550 antenas fixas espalhadas pelo território nacional. Essas redes são a garantia de que os rádios do sistema podem comunicar entre si, sem constrangimentos geográficos e independentemente da distância a que se encontrem. Com exceções de terrenos mais acidentados, distâncias superiores a 20km ou locais em que as antenas SIRESP tenham sido destruídas pelo fogo.

Atualizado 17-08-2022 09:59

 

+ notícias: País

Internamentos e óbitos causados pela gripe estão subnotificados

Os casos de internamentos por gripe em Portugal estão subnotificados, assim como as mortes causadas pela doença, segundo um estudo que analisou durante uma década o peso das hospitalizações e da mortalidade provocada pela gripe.

D. José Ornelas: "Os padres não são uma cambada de pedófilos"

D. José Ornelas garante que não protegeu nenhum abusador de crianças. O alegado encobrimento remete para um caso de 2011 de um alegado abuso de menores num orfanato, em Moçambique. A afirmação do bispo de Leiria-Fátima surge depois do Ministério Público ter confirmado que D. José Ornelas está a ser investigado.

Pilotos dizem que se TAP tem dinheiro para comprar BMW, tem dinheiro para repor condições laborais

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil sugeriu esta quarta-feira à TAP a mesma lógica de “gastar-mais, para poupar”, com que a companhia se defendeu sobre a renovação da frota automóvel corporativa, para a reposição das condições laborais dos trabalhadores.