Lula confirma encontro com Marcelo, dúvida sobre Bolsonaro mantém-se

| Mundo
Porto Canal / Agências

Brasília, 01 jul 2022 (Lusa) -- A campanha do ex-presidente brasileiro Lula da Silva confirmou à Lusa o encontro com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, numa altura em que a imprensa local garante que Bolsonaro terá cancelado o encontro com o seu homólogo.

"Vai encontrar-se com ele no domingo com todo o prazer", na residência oficial do Cônsul-Geral de São Paulo, disse à Lusa fonte da campanha de Lula da Silva.

Segundo o jornal O Globo, O Presidente brasileiro cancelou a reunião agendada para segunda-feira em Brasília com Marcelo Rebelo, que aterra no Rio de Janeiro no sábado para uma visita com passagens pelo Rio de Janeiro, por São Paulo e Brasília.

Contudo, segundo a imprensa brasileira Bolsonaro terá ficado irritado ao saber do encontro entre Marcelo e Lula e terá determinado a suspensão da reunião com o Presidente português no Palácio do Planalto.

A Lusa contactou fonte da presidência brasileira que não confirmou o cancelamento.

O alegado mau estar de Bolsonaro surge a pouco menos de 100 dias de se realizarem as eleições presidenciais no Brasil e que segundo sondagens de intenção de voto, Lula da Silva mantém ampla vantagem sobre Jair Bolsonaro e pode até vencer as eleições na primeira volta.

"Da nossa parte a gente trata as questões com diplomacia e educação", frisou a campanha de Lula, lembrado que no ano passado, em julho, os dois já se tinham encontrado, também no Brasil.

Na agenda ofical da Presidência indica-se que Marcelo Rebelo de Sousa vai encontrar-se no domingo com antigo Presidente do Brasil e candidato às presidenciais brasileiras Lula da Silva e com o anterior Presidente do Brasil, Michel Temer, seguindo depois para Brasília para se recebido pela terceira vez em Brasília pelo atual Presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro.

MIM // RBF

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Julho foi dos meses mais quentes jamais registados no mundo

O mês passado foi um dos julhos mais quentes jamais registados no mundo, indicou, esta terça-feira, a Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência especializada da Organização das Nações Unidas (ONU) com sede em Genebra.

China detecta 35 casos humanos de um novo vírus de origem animal

Um estudo científico revelou a deteção em duas províncias da China de 35 infeções em seres humanos de um novo vírus de origem animal, da família dos Henipavírus, informou esta terça-feira a imprensa estatal do país asiático.

Fornecimento de petróleo russo via Ucrânia foi interrompido

As entregas de petróleo russo a três países europeus através da Ucrânia foram interrompidas após a recusa de uma transação bancária ligada às sanções contra Moscovo, anunciou hoje a empresa russa responsável pelo transporte.