Info

Evergrande anuncia regresso à Bolsa de Hong Kong

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 20 out 2021 (Lusa) - O grupo imobiliário chinês Evergrande, afetado por uma dívida de 260 mil milhões de euros, anunciou hoje o regresso dos seus títulos à Bolsa de Hong Kong, após uma suspensão desde o início do mês.

As cotações serão retomadas na quinta-feira a partir das 09:00 locais (02:00 em Lisboa), indica o grupo num comunicado enviado à Bolsa de Hong Kong.

A Evergrande adverte, no entanto, que pode "não estar em condições de cumprir as suas obrigações financeiras", acrescentando que "continuará a adotar medidas para atenuar os problemas de liquidez".

O grupo luta há várias semanas para honrar o pagamento de juros e entregar apartamentos aos seus clientes.

A cotação das ações da Evergrande estava suspensa desde 04 de outubro na Bolsa de Hong Kong, depois de a imobiliária ter falhado vários pagamentos.

EO // MSF

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Nova variante do coronavírus chama-se Omicron e é de preocupação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou hoje como "de preocupação" a nova variante B.1.1.529 do coronavírus que causa a covid-19, detetada pela primeira vez na África do Sul, e designou-a pelo nome Omicron.

Líbia: Tribunal restabelece candidatura de filho de Kadhafi às presidenciais (media)

Tripoli, 02 dez 2021 (Lusa) -- O Tribunal de Recurso de Sabha (sul da Líbia), restabeleceu hoje a aprovação formal da candidatura de Seif al-Islam Kadhafi, filho do antigo ditador Muammar Kadhafi, às eleições presidenciais de 24 deste mês, indicou a imprensa local.

Covid-19: Itália vai começar a vacinar crianças a partir de 16 de dezembro

Roma, 02 dez 2021 (Lusa) -- A Itália vai começar a vacinar crianças entre os cinco e 12 anos contra a covid-19 a partir de 16 de dezembro, anunciou hoje o gabinete do comissário especial designado pelo governo para gerir a pandemia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.