Info

Incidência e Rt descem a nivel nacional

Incidência e Rt descem a nivel nacional
| País
Porto Canal com Lusa

A taxa de incidência nacional de infeções pelo vírus SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias desceu hoje para os 419,2 casos, assim como o índice de transmissibilidade que é agora de 0,98.

No boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional da Saúde Doutor Ricardo Jorge, assinala-se que a taxa de incidência nacional desceu dos 428,3 casos verificados na quarta-feira para os 419,2.

No continente, este indicador estabilizou, registando o mesmo valor de quarta-feira e de segunda-feira, ou seja, 439,3 de infeção por SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes.

Quanto ao Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa com o vírus - desceu hoje de 1,01 notificados na quarta-feira para os 0,98 a nível nacional, mantendo a tendência descendente, quando na segunda-feira estava nos 1,04.

No continente o Rt desceu também dos 1,01 para os 0,98.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias - indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia - são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

O nível de risco na matriz de monitorização da pandemia de covid-19 foi alterado na quinta-feira passando a fixar-se em 480 casos por 100 mil habitantes a 14 dias em vez dos atuais 240.

De acordo com o portal do Governo para a covid-19 na Internet, "a monitorização da evolução da pandemia continuará a ser feita com base nos indicadores de incidência e Rt [índice de transmissibilidade], agora adaptados de acordo com a evolução da vacinação (nível de alerta passa para 240, nível de risco passa para 480)".

A alteração na matriz de risco havia sido sugerida pelos especialistas na reunião no Infarmed, na terça-feira.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.202.179 mortos em todo o mundo, entre mais de 196,5 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.344 pessoas e foram registados 966.041 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

+ notícias: País

Covid-19: Portugal com 21 mortes nas últimas 24 horas, o valor mais elevado desde março

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 2.535 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e 21 mortes atribuídas à covid-19, registando-se uma ligeira redução dos internamentos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Visitas a lares e unidades de saúde possível com autoteste desde que supervisionado

As visitas a lares de idosos, estruturas de cuidados continuados ou utentes internados em unidades de cuidados de saúde podem ser feitas com recurso a autotestes, realizados no local ou até 24 horas antes, desde que o processo seja supervisionado.

Motorista de ministro da Administração Interna acusado de homicídio por negligência

O motorista do carro onde seguia o ministro da Administração Interna e que atropelou mortalmente um trabalhador na A6 foi acusado de homicídio por negligência, segundo despacho de acusação do Ministério Público hoje divulgado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.