Portugal de novo sem mortes e 445 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal de novo sem mortes e 445 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
| País
Porto Canal com Lusa

Portugal registou mais 445 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e nenhuma morte, pelo segundo dia consecutivo, relacionada com a covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, a região de Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a que tem mais casos confirmados, com 185 dos 445 registados.

Portugal regista zero óbitos pelo segundo dia consecutivo, mas os internamentos em enfermaria registaram um aumento de 27 casos, passando a 271, bem como nas unidades de cuidados intensivos com mais cinco internamentos, totalizando 54.

Os dados divulgados pela DGS mostram também que estão ativos mais 189 casos, para um total de 22.822 e que 256 pessoas foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas, num total de 808.813 recuperados.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, em Portugal morreram 17.023 pessoas.

+ notícias: País

Já são conhecidas as medidas de coação no caso de tráfico humano no Alentejo

O juiz Carlos Alexandre determinou que 23 dos arguidos, todos eles estrangeiros, ficam em prisão preventiva, outros oito que também ficaram com essa medida têm a possibilidade de passar a ter pulseira eletrónica em prisão domiciliária. Quatro portugueses saem em liberdade, mas ficam proibidos de contactos e com apresentações periódicas às autoridades.

Horários alargados em 176 centros de saúde a nível nacional

Quase duas centenas de centros de saúde estão já a funcionar em todo o país com horário alargado, disponível para consulta no portal do SNS, uma medida que visa diminuir a pressão sobre as urgências hospitalares.

Adão e Silva não vai ao Qatar "contra instâncias que dirigem o futebol mundial." As polémicas do ministro-adepto

Pedro Adão e Silva, em entrevista ao semanário Expresso, garante que não vai ao Mundial de 2022 mesmo que a Seleção Nacional chegue à final. O atual ministro da Cultura defende que o seu lugar no futebol “é no Estádio da Luz”.