Info

Gondomar vacina 180 polícias e mais 80 bombeiros

| Norte
Porto Canal com Lusa

Cerca de 180 efetivos das forças de segurança em funções no concelho de Gondomar e um segundo grupo de 80 bombeiros locais recebem hoje a primeira de duas doses da vacina contra a covid-19, adiantou o presidente da Câmara.

Comissário Luís Augusto da PSP disse ao Porto Canal que está tudo a decorrer normalmente.

Em declarações à agência Lusa, Marco Martins explicou que a vacinação das forças de segurança, em primeira toma, abrange 60 militares dos dois postos locais da GNR e 120 agentes das três esquadras e da Divisão da PSP de Gondomar.

A operação considera a prioridade da GNR e da PSP para militares e agentes “na linha da frente e mais expostos aos riscos do coronavírus”, tendo também em conta elementos das forças que sofrem de comorbilidades ou patologias listadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Referindo-se aos 80 bombeiros, o autarca de Gondomar, no distrito do Porto, disse que se trata de um segundo grupo de operacionais locais a receber a primeira dose da vacina. Os outros 90 bombeiros locais foram vacinados na última sexta-feira.

Este conjunto de 170 bombeiros – metade do efetivo das cinco corporações locais – é o máximo que Gondomar pode vacinar na atual fase, de acordo com normas da DGS, acentuou Marco Martins.

A vacinação de bombeiros e polícias de Gondomar decorre no pavilhão Multiúsos de Gondomar, devendo prolongar-se por toda manhã, prevê Marco Martins.

Já à tarde, adianta o autarca, deverá retomar-se a inoculação de pessoas com 80 e mais anos e de pessoas com mais de 50 anos, mas com comorbilidades associadas e doenças crónicas, no âmbito da segunda fase do Plano Nacional de Vacinação contra a covid-19.

O pavilhão Multiúsos de Gondomar foi um dos sete locais escolhidos na região Norte para albergar os centros de vacinação nesta segunda fase.

Além de ceder o espaço, a Câmara Municipal também disponibilizou recursos humanos responsáveis pela logística e limpeza do espaço.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.430.693 mortos no mundo, resultantes de mais de 109,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.754 pessoas dos 792.829 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

+ notícias: Norte

Pescadores da região Norte suspendem paragem e regressam hoje à atividade

Os pescadores da região Norte que protestavam contra uma "excessiva fiscalização" decidiram suspender a paragem da atividade, que vigorava desde quarta-feira, e vão hoje à noite regressar ao mar, disse à agência Lusa uma das associações do setor.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Zoom Zoom Z o o m