Info

Covid-19: Número de hospitalizações continua a subir em França

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Paris, 25 jan 2020 (Lusa) - O número de pessoas internadas em França continua a subir com quase 30 mil pacientes em hospitais devido à covid-19 e 3.041 desses pacientes estão internados nos cuidados intensivos, segundo dados divulgados hoje pelas autoridades gaulesas.

Nas últimas 24 horas morreram 445 pessoas nos hospitais elevando assim o total de mortos no país devido ao vírus para 73.494.

Com o aumento dos números, os meios de comunicação franceses falam na possibilidade de um novo confinamento, mas o Eliseu mantém-se distante dos rumores, anunciando hoje que o Presidente não falará ao país nos próximos dias e dando assim a entender que não haverá qualquer decisão até fevereiro.

O Instituto Pasteur anunciou hoje que ia para com os ensaios de uma das vacinas em estudo contra a covid-19 já que a resposta imunitária até agora era menos eficaz do que as vacinas que já estão no mercado.

Desde domingo, a França registou 4.240 novos casos de covid-19 e o total de casos confirmados desde o início da pandemia é agora de 3.057.857.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.129.368 mortos resultantes de mais de 99,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

 

CYF // EL 

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Uganda reclama lugar permanente de África no Conselho de Segurança da ONU

Kampala, 20 jan 2022 (Lusa) - O Presidente do Uganda, Yoweri Museveni, reclamou hoje reformas no Conselho de Segurança das Nações Unidas que deem ao continente africano representação permanente naquele órgão, mudanças que poderiam impedir "a agressão contra a África".

Ucrânia: Biden sublinha que qualquer incursão de tropas russas será considerada "invasão"

Washington, 20 jan 2022 (Lusa) -- O Presidente norte-americano, Joe Biden, sublinhou hoje que qualquer entrada de tropas russas em território ucraniano será considerada "uma invasão", após ter suscitado indignação de Kiev ao referir-se quarta-feira a uma "incursão reduzida" russa na Ucrânia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS