Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Covid-19: Câmara de Viseu preocupada com "níveis elevados de ocupação" do hospital

| Norte
Porto Canal com Lusa

Viseu, 13 nov 2020 (Lusa) -- O presidente da Câmara de Viseu disse hoje ver "com preocupação os níveis elevados de ocupação" do Hospital de Viseu e assumiu temer pelo aumento de infetados no distrito que crescerá por as restrições "não serem imediatas".

"Olho com preocupação para os níveis elevados de ocupação do Hospital de São Teotónio e com mais preocupação ainda por o hospital estar a receber pessoas de outras regiões. O hospital de Viseu serve meio milhão de pessoas e tem, neste momento, as suas limitações do ponto de vista da capacidade de resposta", apontou Almeida Henriques.

O autarca acrescentou que "é provável que o aumento de número de casos venha a resultar em aumento de internamentos", segundo lhe "foi transmitido pelo diretor clínico e pela autoridade de saúde na última reunião da comissão municipal de proteção civil", na quarta-feira.

Almeida Henriques acrescentou que "o Hospital de Viseu é um hospital central que não está a ter um tratamento" como tal e, por isso, disse que também não entende "porque é que não ficou como hospital de referência no âmbito da covid-19".

O autarca social-democrata falava aos jornalistas sobre a integração de Viseu na lista dos concelhos, atualmente 191 no país, com mais casos de infeção e considerados de risco elevado de transmissão da covid-19.

"Sabemos que há também uma pressão grande para transferir para Viseu casos de outros hospitais do país. Se isso acontecer, então é que entramos no descalabro, obviamente temos de ser solidários e remar todos no mesmo sentido, mas se estamos numa situação de contingência, de emergência, em que a esmagadora maioria deste distrito está com medidas restritivas, é preciso manter a disponibilidade deste hospital para responder às pessoas", defendeu.

Restrições que Almeida Henriques considerou que deviam "ser de aplicação imediata", uma vez que "se as medidas são importantes para confinar as pessoas, para evitar a circulação, para evitar a propagação do vírus, parece que o vírus vai poder esperar três dias e não contaminar as pessoas" até segunda-feira, quando entram em vigor.

"Considero que medidas deste género ou se aplicam de imediato ou obviamente estamos a adiar os efeitos e, eventualmente, a implicar uma disseminação maior. (...) Não compreendo este compasso de espera", assumiu o autarca, que apelou aos cidadãos que "façam recolher desde já".

Almeida Henriques considerou ainda "importante ser mais transparente o mecanismo dos concelhos com medidas mais restritivas", uma vez que entende que "há alguma opacidade na forma como este processo está a ser conduzido".

"Não se perceber entre que datas o Governo faz a quantificação e que critérios é que faz e quem é a entidade que define esse mapa. Viseu tem 30 mil veículos que saem e entram todos os dias de pessoas dos concelhos que estão à volta", referiu.

Assim, considerou que, em vez de concelho a concelho, "fazia mais sentido se o Governo pudesse fazer numa perspetiva de mancha territorial, inclusive que desse um papel maior às comunidades intermunicipais (CIM) para que pudessem tratar do assunto".

IYN // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Ardeu em Viana do Castelo em 5 meses o mesmo que em todo 2021

No distrito de Viana do Castelo já ardeu, desde janeiro, a mesma área que em todo o ano de 2021, tendo sido registados 376 incêndios que consumiram 2.179 hectares, alertou hoje o presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil

Bebé sofre queimaduras graves com água a ferver em Vieira do Minho

Um bebé com cerca de dois anos sofreu hoje queimaduras graves ao ser atingido por água a ferver de uma chaleira, em Vieira do Minho, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Braga.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Festivais - Soam as guitarras