ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Covid-19: Autoridades iranianas reconhecem que pandemia está a alastrar

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Teerão, 06 jul 2020 (Lusa) -- O Irão registou hoje 160 novas mortes com covid-19, um número muito próximo do recorde de mortalidade diária, atingida no domingo, e as autoridades reconhecem que pandemia está a aumentar no país.

O balanço das últimas 24 horas eleva para 11.731 o número total de mortes com o novo coronavírus no Irão desde o início da pandemia, segundo o porta-voz do Ministério da Saúde iraniano, Cima Sadat Lari.

No domingo, Lari anunciou um número recorde de mortes num só dia, com 163 óbitos, superando o recorde anterior (162), que tinha sido registado há menos de uma semana.

De acordo com dados oficiais, cuja fiabilidade é contestada por especialistas estrangeiros, a propagação do novo coronavírus no país está a aumentar desde o início de maio.

Nas últimas 24 horas registaram-se ainda 2.613 novos casos de infeção com o novo coronavírus, elevando o número total para 243.051.

O Irão, que anunciou os primeiros casos de contaminação em fevereiro, é o país mais afetado pela pandemia no Médio Oriente.

Para combater a propagação da doença, o Governo iraniano anunciou a sua intenção de reforçar, desde domingo, a obrigação do uso de máscara em locais públicos fechados (lojas, transportes públicos, etc.).

A televisão estatal, cujos apresentadores começaram a usar máscara, começou a emitir de forma repetida a mensagem que apela ao uso de proteção facial e de necessidade de distanciamento social e de medidas de higiene.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 531 mil mortos e infetou mais de 11,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

RJP // FPA

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: Vacina russa entra em circulação em 01 de janeiro de 2021

Moscovo, 11 ago 2020 (Lusa) - A primeira vacina a covid-19 registada no mundo, anunciada hoje pelo Presidente russo, Vladimir Putin, vai entrar em circulação em 01 de janeiro de 2021, segundo o Ministério da Saúde da Rússia.

Covid-19: Putin diz que Rússia já registou vacina e que a filha foi inoculada. Vacina não completou a Fase 3

A Rússia tornou-se hoje o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus, anunciou o presidente russo, Vladimir Putin, acrescentando que uma das suas filhas já foi inoculada. 

Acidente com avião da Air Índia Express causa 14 mortos e 123 feridos

Pelo menos 14 pessoas morreram e 123 ficaram feridas, 20 delas com gravidade, depois de um avião da Air Índia Express ter saído da pista após aterrar no meio de chuva torrencial num aeroporto no sul da Índia, indicou a polícia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.