Covid-19: Costa confiante que serviços de saúde não entrarão em rutura

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 23 mar 2020 (Lusa) - O primeiro-ministro manifestou-se hoje confiante que não haverá um "ponto de rutura" nos serviços de saúde portugueses provocado por um pico de casos de covid-19 e considerou que não é previsível que venham a faltar meios.

Estas posições foram transmitidas por António Costa em entrevista à TVI, que foi conduzida pelos jornalistas José Alberto Carvalho e Miguel Sousa Tavares, depois de interrogado sobre em que momento o sistema de saúde poderá atingir um ponto de rutura.

"Creio que não vamos atingir. É para isso que estamos a trabalhar. Pelos estudos que temos, no pior dos cenários, nunca vamos perder o controlo da situação", declarou o líder do executivo.

Logo no início da entrevista, o primeiro-ministro foi questionado sobre os meios que existem para combater a covid-19.

"A questão é pertinente., Não é previsível que venha a faltar o que quer que seja", respondeu António Costa.

PMF // ACL

Lusa/fim

+ notícias: Política

Rui Rocha garante que nunca fará entendimentos com o Chega

O presidente da Iniciativa Liberal (IL) garantiu, esta segunda-feira, que nunca fará nenhum entendimento com o Chega por se tratar de um partido político “completamente irresponsável e que não assegura a dignidade humana”.

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.

Governo e PS reúnem-se em breve sobre medidas de crescimento económico

Lisboa, 06 mai (Lusa) - O porta-voz do PS afirmou hoje que haverá em breve uma reunião com o Governo sobre medidas para o crescimento, mas frisou desde já que os socialistas votarão contra o novo "imposto sobre os pensionistas".