Info

Província moçambicana de Gaza recebe 35 mil livros e 27 bicicletas enviados de Portugal

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 05 mar 2020 (Lusa) - O distrito do Chibuto, na província moçambicana de Gaza, recebe na sexta-feira mais de 35 mil livros e material escolar, enviados de Portugal pela organização não-governamental para o desenvolvimento AIDGlobal, bem como 27 bicicletas.

O objetivo da doação de livros visa reforçar a rede de bibliotecas escolares do distrito e a biblioteca municipal do Xai-Xai, explica a organização não-governamental para o desenvolvimento (ONGD) numa nota enviada à Lusa.

Segundo a organização, o envio do contentor de Portugal com o material é uma iniciativa "enquadrada no programa Passaporte para a Leitura, criado em 2008, e que é o maior programa de intervenção da AIDGlobal, em Moçambique, no âmbito do combate à iliteracia e incentivo à leitura".

A AIDGlobal explica que através deste programa "são criadas e equipadas bibliotecas municipais e escolares, na província de Gaza, e promovidas atividades de animação da leitura e a capacitação de técnicos e professores bibliotecários".

A ONGD desenvolveu esta iniciativa, que pretende ser um contributo para a literacia e melhores condições de vida nas zonas rurais de Moçambique, com ajuda da Mozambikes, entidade criada em Moçambique por um português, e que cedeu as 27 bicicletas.

Assim, os mais de 35 mil livros serão entregues com as 27 novas bicicletas que, além de serem um meio de transporte eficiente, facilitam o acesso aos educadores do projeto Passaporte para a Leitura.

Com a chegada dos 35 mil livros, a AIDGlobal terá ainda a possibilidade de reerguer uma biblioteca escolar na cidade da Beira, afetada pelo ciclone que atingiu a região, em 2019, disponibilizando aos alunos que frequentam os 10º, 11º e 12º anos obras de apoio, de acordo com o seu contexto curricular, refere na mesma nota.

Este é o quinto contentor com material escolar enviado para Moçambique com o objetivo de promoção da literacia e de incentivar à leitura.

A entrega dos livros ocorre no dia anual do encontro de professores, adianta a organização.

A AIDGlobal é uma ONGD, sem fins lucrativos, criada em 2004, que "desenha e implementa projetos na área da educação, em Portugal, com enfoque na promoção da cidadania global, e em Moçambique no incentivo à leitura, reduzindo os níveis de iliteracia".

Em 2006, foi reconhecida com o estatuto de ONGD pelo Governo português e registada junto do Camões -- Instituto da Cooperação e da Língua.

A organização foi ainda reconhecida, em 2009, pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros moçambicano e considerada uma Associação Juvenil Equiparada pelo Renaj -- Registo Nacional do Associativismo Jovem.

ATR // LFS

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: BioNTech confiante na eficácia de sua vacina contra a variante indiana

O fundador e diretor do laboratório BioNTech, Ugur Sahin, disse hoje estar "confiante" na eficácia da sua vacina, desenvolvida com o grupo americano Pfizer, contra a variante indiana da covid-19.

Moçambique/Ataques: Borrell reconhece urgência no envio de missão da UE

Bruxelas, 06 mai 2021 (Lusa) -- O chefe da diplomacia europeia disse hoje esperar que a missão de apoio a Moçambique seja lançada "tão rapidamente quanto possível", pois a situação em Cabo Delgado exige da UE um sentido de urgência que admitiu nem sempre existir.

Presidente angolano aprova acordo de financiamento no valor de 582 milhões de euros

Luanda, 06 mai 2021 (Lusa) -- O Presidente angolano aprovou um Acordo de Financiamento à Tesouraria com o Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) no valor global de 700 milhões de dólares (582 milhões de euros), segundo um decreto presidencial. 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m