Altas patentes da Força Aérea na mira da PJ. Mais de 100 buscas estão a decorrer

Altas patentes da Força Aérea na mira da PJ. Mais de 100 buscas estão a decorrer
| País
Porto Canal com Lusa

A PJ está a realizar hoje mais de 80 buscas domiciliárias e 25 não domiciliárias, sobretudo a equipamentos militares na Grande Lisboa, Beja e em Leiria, numa investigação às messes da Força Aérea, revelou a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Segundo a PGR, já foram emitidos mandados de detenção e em causa estão factos suscetíveis de integrarem a prática de crimes de corrupção passiva, corrupção ativa e falsificação de documento.

No inquérito investigam-se suspeitas de, pelo menos, desde o ano de 2015, algumas messes da Força Aérea serem abastecidas com géneros alimentícios, cujo valor a pagar, posteriormente, pelo Estado Maior da Força Aérea seria objeto de sobrefaturação.

De acordo com a PGR, "tal sucederia por acordo entre militares que trabalham nas messes, fornecedores dos géneros alimentícios e um elemento do departamento do Estado Maior da Força Aérea com funções de fiscalização das referidas messes".

"Com a concordância destes intervenientes, os fornecedores de diversas empresas entregariam determinadas quantidades de alimentos, mas, o valor faturado no final de cada mês seria cerca de três vezes superior ao dos bens entregues na realidade. A diferença entre o valor faturado e o dos produtos efetivamente fornecidos seria dividida pelos elementos envolvidos", explica a PGR.

Fonte ligada à investigação disse à agência Lusa que as buscas decorrem em todo o país, com incidência na base de Monte Real.

Segundo a PGR, participam na denominada Operação Zeus 27 magistrados do Ministério Público, cerca de três centenas de elementos da Polícia Judiciária (PJ), cerca de quatro dezenas de elementos da Polícia Judiciária Militar e trinta peritos da Unidade de Perícia Financeira e Contabilística e da Unidade de Tecnologia e Informação da PJ.

Nesta investigação, o Ministério Público é coadjuvado pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ e pela Polícia Judiciária Militar.

+ notícias: País

Sindicato dos guardas prisionais prepara queixa-crime contra líder de associação de apoio aos reclusos

O Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP) vai processar o secretário-geral da Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso (APAR), Vítor Ilharco, após este criticar a alegada proteção de alguns sindicatos a situações de agressões a reclusos.

FC Porto vai ter jogo difícil frente a Belenenses moralizado afirma Paulo Fonseca

O treinador do FC Porto, Paulo Fonseca, disse hoje que espera um jogo difícil em casa do Belenenses, para a 9.ª jornada da Liga de futebol, dado que clube "vem de uma série de resultados positivos".

Proteção Civil desconhece outras vítimas fora da lista das 64 de acordo com os critérios definidos para registar os mortos dos incêndios na região centro

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) disse hoje desconhecer a existência de qualquer vítima, além das 64 confirmadas pelas autoridades, que encaixe nos critérios definidos para registar os mortos dos incêndios na região centro.