Jornal Diário Jornal das 13

Carrinha dos CTT assaltada por trio armado em Ovar

Carrinha dos CTT assaltada por trio armado em Ovar
| Norte
Porto Canal

Uma carrinha dos CTT foi hoje assaltada, sob ameaça de metralhadoras, por três homens em Cortegaça, Ovar, no distrito de Aveiro, disse à agência Lusa fonte da GNR.

O assalto ocorreu cerca das 09:30.

Segundo a mesma fonte, os assaltantes conseguiram imobilizar a viatura dos Correios e obrigaram o condutor, sob ameaça de arma de fogo, a abandonar a carrinha.

De seguida, fugiram com a carrinha que veio a ser encontrada abandonada, pouco tempo depois pela GNR, junto ao acesso à Autoestrada A29.

Durante o assalto, não foram efetuados disparos, nem se registaram feridos.

A GNR tomou conta da ocorrência e passou as informações à Polícia Judiciária que está a investigar o caso.

+ notícias: Norte

Hospital de São João quer aproveitar projeto antigo para novo Centro Pediátrico

O Centro Hospitalar de São João, no Porto, está a "auscultar os serviços jurídicos" sobre a possibilidade de poder aproveitar o projeto existente para a construção do novo Centro Pediátrico, anunciou hoje o presidente da administração daquele hospital.

Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes em isolamento numa instituição em Bragança

O Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes que estão em isolamento há vários anos numa instituição em Bragança. O caso foi denunciado pelo Porto canal há dois meses. Depois disso, quase nada foi feito apesar da própria instituição pedir mais formação para lidar com os doentes, as entidades responsáveis continuam a dizer que os utentes vivem em condições adequadas.

100 semáforos geridos pela Metro do Porto em Matosinhos não têm sinal sonoro

Há 100 semáforos geridos pela Metro do Porto no concelho de Matosinhos que não têm avisos sonoros. A funcionalidade vai começar a ser instalada, uma vez que os sinais sonoros são indispensáveis para os invisuais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.