Info

Lopetegui diz que Benfica não irá condicionar FC Porto frente ao Shakhtar Donetsk

| FC Porto
Porto Canal

Julen Lopetegui defendeu hoje que a proximidade do jogo com o Benfica, para a I Liga, não irá condicionar o FC Porto no jogo com o Shakhtar Donetsk, da sexta e última jornada do Grupo H da Liga dos Campeões de futebol.

O FC Porto assegurou já, independentemente do resultado com o Shakhtar Donetsk, o primeiro lugar do grupo, com os ucranianos em segundo, mas o treinador espanhol assegura que irá apresentar o melhor onze.

No entanto, Fabiano, Danilo, Casemiro e Brahimi, quatro habituais titulares, não integram a lista de convocados para a receção ao Shakhtar Donetsk, adversário que Julen Lopetegui considera "difícil e que possui um dos melhores ataques da Europa, com jogadores rápidos e talentosos".

O FC Porto pode igualar em casa de vitória frente à formação ucraniana o seu melhor registo na fase de grupos da Liga dos Campeões, que remonta à época de 1996/97, com cinco triunfos e um empate, facto que contribui um atrativo suplementar para o jogo de quarta-feira.

"O Shakhtar Donetsk é um rival magnífico, jogamos perante os nossos adeptos, num estádio que espero cheio, pelo que o jogo tem reunido todos os ingredientes motivacionais e esse [igualar o melhor registo] é mais um", referiu.

Questionado sobre a hipótese de aplicar a rotatividade na equipa face à proximidade do jogo com o Benfica, Julen Lopetegui assegurou que irá apresentar frente ao Shakhtar o "onze" que oferecer melhores condições "independentemente do adversário de domingo".

Julen Lopetegui desvalorizou ainda a presença do presidente do clube, Pinto da Costa, no treino, assegurando que o líder portista vai muitas vezes assistir às sessões de preparação dos "dragões", dar "apoio, carinho e alguns conselhos".

Ricardo Quaresma foi o porta-voz do plantel do FC Porto na antevisão do jogo com o Shakhtar Donetsk, adversário que o extremo considera "difícil e com grandes jogadores".

Tal como o treinador defendeu, Ricardo Quaresma evitou falar no jogo com o Benfica, no domingo, considerando que "o FC Porto está habituado a pensar jogo a jogo", e que apenas tem de fazer o seu trabalho, "jogar como equipa e sem pensar mais à frente".

"Acredito que vá ser um grande jogo. O Shakhtar tem grandes jogadores, uma boa equipa, mas nós estamos também com a nossa motivação em cima. Temos que entrar bem, fazer um bom jogo e alcançar uma boa vitória", disse.

Acabar bem a fase de grupos é, ainda de acordo com Ricardo Quaresma, "muito importante, para que a equipa se sinta confiante para o resto da temporada" e que o jogo com os ucranianos "é mais uma oportunidade para mostrar o valor" do conjunto.

"Estamos no bom caminho. Temos um bom plantel e jogadores individuais muito bons, que trabalham em prol da equipa, mas ainda há muita coisa para fazer. O mais importante é ter os pés assentes na terra e continuar a trabalhar", disse Quaresma.

Questionado sobre até onde pode ir o FC Porto na Liga dos Campeões, Ricardo Quaresma disse que "todos têm o direito de sonhar, mais difícil é concretizar esse sonho".

+ notícias: FC Porto

Sérgio Conceição: "temos que ser fortes para conseguir os três pontos"

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, afirmou, este sábado em conferência de imprensa de antevisão à partida frente ao Belenenses, que os azuis e brancos têm que "ser iguais a si próprios" e fortes para conseguir os três pontos pois esse é "o grande objetivo".

Vasco Sousa: "vamos encarar o jogo com muita garra"

O FC Porto em sub-17 desloca-se ao terreno do Boavista na 3ª jornada.

Fernando Almeida: "trabalhamos o necessário para trazer os três pontos para casa"

A equipa de sub-19 do FC Porto enfrenta o Leixões na 15ª jornada.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.