ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Ministério prolonga prazo das matrículas dos alunos do 1.º ano de escolaridade por mais 24 horas

Ministério prolonga prazo das matrículas dos alunos do 1.º ano de escolaridade por mais 24 horas
| Política
Porto Canal com Lusa

O Ministério da Educação prolongou o prazo das matrículas para os alunos do 1.º ano de escolaridade por mais 24 horas, anunciou hoje a tutela.

"Para que todos os procedimentos possam concluir-se com tranquilidade, numa altura de exceção para todas as famílias, o Ministério da Educação prolonga o prazo por mais 24 horas", refere o gabinete do Ministério da Educação numa nota enviada para a Lusa.

Segundo o Ministério, "há milhares de encarregados de educação" a tentar matricular os seus educandos e, segundo as últimas estimativas, a grande maioria dos pais com alunos no 1.º ciclo já inscreveu os seus filhos, até porque o prazo termina hoje.

"No caso do 1.º ciclo as matrículas já foram efetuadas pela quase totalidade dos encarregados de educação e no Pré-escolar, de manhã, já tinham efetuado a matrícula 94%" dos alunos.

"O Portal das Matrículas está em funcionamento, estando a ocorrer sistematicamente operações de robustecimento da operação" e durante a tarde de hoje "já se registou um pico de 40 mil transações por segundo".

No ano passado, cerca de 75% das matrículas fizeram-se nas secretarias da escola, ao passo que, este ano, cerca de 85% das matrículas já realizadas foram feitas 'online'.

A decisão do Ministério surge depois e vários relatos de atrasos e problemas de funcionamento da plataforma digital, que chegou a estar durante várias horas inativas.

+ notícias: Política

Parlamento aprova projeto lei do PSD que altera financiamento eleitoral dos partidos

O Parlamento aprovou na generalidade um diploma do PSD que altera o financiamento eleitoral dos partidos. PAN e Iniciativa Liberal foram os únicos a votar contra.

Ministro do Ambiente prometo plano para o aterro de Valongo que "cause muito menos incómodo"

O Ministro do Ambiente diz que a última investigação ao aterro de Valongo levantou "preocupações". O município já pediu a proibição imediata do depósito de amianto nos terrenos. Matos Fernandes promete respostas nos próximos dias.

Conselho de Obras Públicas dá prioridade à ligação ferroviária Lisboa-Porto que deve avançar com brevidade

O Conselho Superior de Obras Públicas deu prioridade à ligação ferroviária Lisboa-Porto. É recomendada assim  a construção da linha com maior brevidade possível. O parecer alerta o Governo para a necessidade de se fazer um Plano Ferroviário Nacional.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.