Info

FC Porto B empata por uma bola frente ao Varzim

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

O FC Porto B empatou, este domingo, no Estádio de Pedroso, frente ao Varzim a um golo, em encontro a contar para a segunda jornada da Ledman LigaPro. O remate certeiro de Rodrigo Valente, ainda na primeira parte, ajudou os azuis e brancos a somarem o primeiro ponto nesta edição do campeoanto, numa partida em que os portistas estiveram em desvantagem numérica desde o minuto 67, após expulsão do guarda-redes Ricardo Silva.

O encontro teve poucas oportunidades, com o jogo a ser disputado a meio-campo e sem dar muito trabalho aos guarda-redes. A equipa de Rui Barros era a que procurava controlar a partida através da posse de bola e contou com a inspiração de Rodrigo Valente para abrir o marcador. O médio recebeu a bola à entrada da área, após passe de Boris Enow, e rematou forte para o fundo da baliza (40m).

A resposta do Varzim chegou logo a abrir a segunda parte, com um remate potente de Tiago Cerveira (47m), que apanhou a defensiva portista desprevenida. Aos 67 minutos, o árbitro Vítor Ferreira expulsou Ricardo Silva, após falta fora da área, o que deixou os Dragões a jogar com dez elementos. Mesmo assim, os azuis e brancos mantiveram-se consistentes a nível defensivo e garantiram o primeiro ponto no campeonato.

Na próxima jornada, a terceira, os Dragões viajam até Faro para defrontar o Farense (domingo, 11h15, Sport TV).

FC PORTO B-VARZIM SC, 1-1
LigaPro, 2.ª jornada
18 de agosto de 2019
Estádio de Pedroso, Vila Nova de Gaia

Árbitro: Vítor Ferreira
Assistentes: Pedro Fernandes e Paulo Miranda
Quarto árbitro: Pedro Campos

FC PORTO B: Ricardo Silva, Tomás Esteves, Nahuel Ferraresi, Bruno Leite, Luis Mata (cap.), Mor Ndiaye, Boris Enow, Rodrigo Valente, Ángel Torres, Madi Queta e Aboubakar
Substituições: Boris Enow por Fábio Vieira (61m), Rodrigo Valente por Francisco Meixedo (69m), Tomás Esteves por Rodrigo Pinheiro (80m)
Não utilizados: Pedro Justiniano, João Mário, Vítor Ferreira e Afonso Sousa
Treinador: Rui Barros

VARZIM SC: Ismael Lekbab, Alan Henrique, Willian Dias, Tiago Cerveira, Rui Moreira, Chris Nduwarugira, Luís Pedro, Ricardo Barros, João Amorim, Rui Coentrão e Pedro Ferreira
Substituições: Willian Dias por Lumeka (66m), Rui Moreira por Baba Sow (79m), Rui Coentrão por Stanley Awurum (88m)
Não utilizados: Serginho, Filipe Augusto, Zé Diogo e Gonçalo Silva
Treinador: Paulo Alves

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: Rodrigo Valente (40m), Tiago Cerveira (47m)
Disciplina: Cartão amarelo para Willian Dias (25m), Alan Henrique (42m), Diogo Leite (52m), Luís Pedro (53m), Rui Moreira (76m) e Ángel Torres (78m); cartão vermelho para Ricardo Silva (67m)

 

+ notícias: FC Porto

Amaro Antunes garante top-10 no Algarve

A W52-FC Porto conseguiu colocar um ciclista nos dez melhores da Volta ao Algarve. Amaro Antunes, de regresso à equipa azul e branca após dois anos na CCC, concluiu a prova inaugural da época 2020 no 10.º lugar da classificação geral individual, a 1 minuto e 57 segundos do vencedor. Esta tarde teve lugar a quinta - e última - etapa da Algarvia, com partida e chegada em Lagoa. Os 20,3 quilómetros de contrarrelógio individual foram de consagração para Remco Evenpoel (Deceuninck-Quick-Step) que, já de amarelo, bateu o bicampeão mundial de CRI e juntou a conquista da tirada à 46.ª edição da Volta ao Algarve em bicicleta.

Alex Telles é o lateral com mais golos na história do clube

Depois de marcar frente ao Portimonense, Alex Telles tornou-se o lateral do Futebol Clube do Porto com mais golos na história do clube, com 21 golos em 180 jogos. Assim, o número 13 do FC Porto superou João Pinto que tinha 20 golos convertidos e Danilo Luíz que contabilizava 13 golos marcados.

"Os jogos com casa cheia são sempre mais especiais"

Semana de grandes emoções no Dragão Arena. Esta quarta-feira (21h00), o FC Porto Sofarma recebe o Benfica, na 24.ª jornada do campeonato nacional de andebol. Os Dragões têm três pontos e um jogo de atraso para o líder Sporting e, portanto, só uma vitória no clássico serve os objetivos azuis e brancos. Miguel Alves, a regressar após quase 5 meses de lesão, espera um adversário ferido no orgulho após sofrer uma pesada derrota (23-33) na primeira volta: “sabemos que eles vêm com um sentimento de vingança”. O ponta-direita, de 23 anos, apela “a todos os adeptos que venham apoiar a equipa” porque “os jogos com casa cheia são sempre mais especiais e com mais adrenalina”.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.