Info

FC Porto Fidelidade goleou o Valongo por 8-0

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

Na receção ao Valongo, em partida relativa à 12.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins, o FC Porto Fidelidade venceu por 8-0, alcançando o triunfo mais robusto em todas as competições e impondo aos visitantes a maior derrota da temporada. Com o quinto triunfo seguido na Liga, os Dragões chegam aos 28 pontos e ascendem à terceira posição da tabela, a um dos líderes Oliveirense e Sporting.

“Tínhamos a referência graças aos últimos jogos que este não estava a ser um grande Valongo. No entanto, é uma equipa que respeitamos muito, sempre com grande qualidade, grandes jogadores e muito bem orientada. É uma das equipas que tem mais recursos táticos da primeira divisão e era uma equipa que estava a melhorar. Esperávamos um jogo que seria complicado, mas acho que ao marcarmos os dois golos logo à entrada foram um golpe que eles não conseguiram superar e talvez deixaram de acreditar um pouco. Já no segundo tempo, fizemos uma exibição mais parecida do que aquilo que queremos sempre e foi um jogo mais alegre, com mais ritmo e os golos foram chegando. Pelo segundo jogo consecutivo não sofremos golos e isto é um bom sinal, a equipa tem trabalhado bem defensivamente e os guarda-redes têm estado numa forma fenomenal. Estamos satisfeitos”, afirmou o treinador Guillem Cabestany, no final da partida, em declarações do Porto Canal.

O FC Porto Fidelidade só volta a jogar para o campeonato no dia 23 de janeiro (quarta-feira), no Pavilhão Gimnodesportivo de Turquel frente à equipa local em encontro referente à 13ª jornada da I Divisão do Nacional de Hóquei em Patins (21h00, Porto Canal). Pelo meio, o conjunto orientado por Guillem Cabestany tem o compromisso da Liga Europeia diante do Lodi (Grupo C, 4.ª jornada), no Palacastellotti, em Itália, no próximo sábado, 19 de janeiro (20h00, Porto Canal).

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-VALONGO, 8-0
Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, 12.ª jornada
12 de janeiro de 2019
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Orlando Panza e Porfírio Fernandes

FC PORTO FIDELIDADE: Carles Grau (g.r.), Giulio Cocco, Reinaldo García, Gonçalo Alves e Hélder Nunes (cap.)
Suplentes: Nelson Filipe (g.r.), Telmo Pinto, Rafa Costa, Hugo Santos e Poka
Treinador: Guillem Cabestany

VALONGO: Leonardo Pais (g.r., cap.), Nuno Araújo, Diogo Fernandes, Pedro Mendes, Gonçalo Pinto
Suplentes: Bernardo Mendes (g.r.), Diogo Abreu, João Pedro, Luís Melo e Rúben Pereira
Treinador: Miguel Viterbo

Ao intervalo: 3-0
Marcadores: Gonçalo Alves (4m, 5m e 37m), Giulio Cocco (15m e 27m), Hélder Nunes (39m), Telmo Pinto (40m), Hugo Santos (47m)

+ notícias: FC Porto

Samuel Caldeira foi o melhor portista na terceira etapa da Volta à Turquia

Samuel Caldeira foi o melhor ciclista da W52-FC Porto na 3.ª etapa da Volta à Turquia, realizada esta quinta-feira, entre Çanakkale e Edremit, terminando na 19.ª posição. O algarvio cumpriu os 122,6 quilómetros em 2h50m12s, o mesmo tempo que o vencedor da etapa, Fabio Jakobsen (Deceuninck – Quick-Step), numa chegada ao sprint.

"Vamos entrar com tudo para o resto da segunda fase"

Depois de vencer o Benfica fora de portas (79-84), na 5.ª jornada da 2ª fase da Liga Portuguesa de Basquetebol, o FC Porto enfrenta nova deslocação, desta vez aos Açores, para defrontar o Lusitânia.

Herrera: "Acho que foi um resultado injusto, não merecíamos perder em casa desta maneira"

"Sofremos bastante nas transições, deixamos muitos espaços e fomos mais desorganizados, o que é normal porque estávamos a tentar recuperar de um resultado praticamente impossível e tentar deixar uma boa imagem. A verdade é que a nível pessoal termino tranquilo, estou muito orgulhoso em pertencer a esta equipa e a esta instituição e agora é pensar no campeonato e na final da taça que aí vem. Acho que foi um resultado injusto, não merecíamos perder em casa desta maneira, mas foi assim e agora não há nada a fazer. Fizemos um jogo impressionante, muito agressivo. Penso que se tivéssemos marcado um golo antes deles o jogo tinha tido outro rumo. Se entrarmos assim com esta mentalidade no campeonato estou convencido de que vamos ser felizes no final. Os adeptos têm sido incríveis, o apoio que nos dão em cada jogo é espetacular e nós temos de absorver esta energia positiva que eles nos dão e ser mais fortes".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.