Info

Governo anuncia contratação de 450 enfermeiros e 400 assistentes operacionais

Governo anuncia contratação de 450 enfermeiros e 400 assistentes operacionais
| Política
Porto Canal com Lusa

O Ministério da Saúde anunciou este sábado que vão ser contratados 450 enfermeiros e 400 assistentes operacionais para os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Uma nota do gabinete da ministra da Saúde, Marta Temido, informa que "os hospitais vão iniciar de imediato os procedimentos necessários à celebração de contrato, constituindo este o primeiro reforço de recursos humanos para 2019".

O Ministério da Saúde acrescenta que a autorização conjunta do Ministério da Saúde e do Ministério das Finanças "prevê a contratação destes profissionais por tempo indeterminado, na medida em que irão satisfazer necessidades permanentes de serviço".

Segundo a mesma nota, estes profissionais irão dar resposta, "em simultâneo, às necessidades sazonais, ou seja, associadas ao período de inverno e ao surgimento de síndromas gripais e respiratórios".

Nesta época de inverno, a tutela aproveita para recomendar que os cidadãos sigam as recomendações da Direção-Geral da Saúde sobre as consequências das temperaturas baixas e recorram em primeiro lugar ao SNS 24 (808 24 24 24) e aos cuidados de saúde primários -- que terão horários alargados - antes de se dirigirem às urgências dos hospitais.

+ notícias: Política

Governo prevê aplicar 22 mil milhões de euros em 70 projetos do Plano Nacional de Investimento 2030

O Plano Nacional de Investimentos 2030 apresentado pelo Governo prevê aplicar quase 22 mil milhões de euros em mais de 70 projetos, sobretudo na área da mobilidade e dos transportes. Ainda assim há várias situações no Norte do país que continuam sem solução à vista.

Autarca do Centro Histórico do Porto denuncia "caos" causado por alojamento local ilegal

O presidente da Junta da União de Freguesias do Centro Histórico do Porto denunciou esta segunda-feira que o "caos" provocado pelo alojamento local, onde novos registos estão proibidos pelo menos por seis meses, é causado pelo alojamento "paralelo".

Autarca de Barcelos retoma funções e quer ir à Câmara presidir às reuniões

O presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes (PS), retoma esta segunda-feira funções e vai pedir autorização ao juiz para se poder deslocar aos Paços do Concelho para as reuniões do executivo, disse um advogado do autarca.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.