Info

Incêndios: Pelo menos 17 casas de primeira habitação destruídas no concelho de Monchique - PM

| País
Porto Canal com Lusa

Monchique, Faro, 10 ago (Lusa) -- Pelo menos 17 casas de primeira habitação ficaram destruídas no concelho de Monchique durante o incêndio que lavrou na última semana, anunciou hoje o primeiro-ministro, disponibilizando apoios nesta matéria através do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana.

António Costa falava aos jornalistas na Câmara Municipal de Monchique (distrito de Faro), após uma reunião com autarcas dos concelhos afetados pelo incêndio, outros membros do Governo e entidades da região do Algarve.

O primeiro-ministro indicou que 13 primeiras habitações se situam em Alferce e as restantes quatro em Monchique.

Questionado pelos jornalistas, o presidente da Câmara de Monchique indicou que estas 17 habitações necessitam de uma "reconstrução total".

MLS // ROC

Lusa/Fim

+ notícias: País

84% das corporações de bombeiros deixaram de reportar informações aos CDOS

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) revelou hoje que 84% das corporações de bombeiros deixaram de reportar aos comandos distritais de operações de Socorro (CDOS) qualquer informação operacional, protesto que a LBP diz ir continuar "por tempo indeterminado".

Chuva regressa a Portugal continental a partir de quarta-feira

O estado do tempo em Portugal continental vai mudar a partir de quarta-feira, dia em que se prevê períodos de chuva a partir do final da tarde em todo o território, disse à Lusa a meteorologista Paula Leitão.

Proteção Civil do Porto avisa que os bombeiros podem perder receita se não reportarem ocorrências

O presidente da Comissão Distrital da Proteção Civil do Porto, Marco Martins, disse esta segunda-feira que não reportar as ocorrências ao Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) pode significar "perda de receita" para os corpos de bombeiros.

Atualizado 11-12-2018 11:46

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.