Jornal Diário Jornal das 13

Moncho López: "O título de campeão é o mais importante"

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

A equipa de basquetebol do FC Porto já está em modo 2018/19. Os trabalhos de pré-temporada já arrancaram no Dragão Caixa e Moncho López deixou uma garantia para os desafios que se avizinham: “Vamos entrar em todas as competições nacionais com máxima ambição e com a responsabilidade de lutarmos para as vencer”. O treinador dos Dragões abordou também as chegadas de Toni Prostran, Boris Barac e Daniel Relvão, manifestando confiança na qualidade do plantel que vai comandar.

Atualizado 08-08-2018 11:48

Os objetivos nunca mudam
“Os objetivos para esta época são os de sempre. Vamos entrar em todas as competições nacionais com máxima ambição e com a responsabilidade de lutarmos para as vencer. O título de campeão, como é natural, é o mais importante. Na Europa, não escondemos que temos o objetivo de ultrapassar as eliminatórias de qualificação, e esta época vamos ter a possibilidade de competir na fase de qualificação da Basketball Champions League. É muito aliciante. Elevámos a dificuldade e a fasquia competitiva, mas acredito que nos vamos portar bem.”

Poucas mudanças
“Esta época há poucas novidades e também damos continuidade aos jogadores jovens, que vão ganhando o seu espaço na equipa principal. Tivemos as incorporações de Boris Barac e Toni Prostran, um poste e um base. Também chegou o Daniel Relvão, que vem para a equipa B mas que também vai trabalhar com a equipa principal. A época é longa e pode ter o seu momento para se estrear nos seniores.”

Plantel dá garantias
“Para já, não procuramos mais jogadores no mercado. Temos um plantel comprido, pois é muito exigente estar em várias competições. Felizmente temos um excelente projeto da equipa B, que alimenta a equipa principal, por isso neste momento não procuramos mais jogadores. Mas durante a época, por necessidade ou oportunidade, pode chegar mais algum jogador.”

A exigência europeia
“Temos consciência de que é difícil qualificarmo-nos para a Basketball Champions League, pois temos de passar três rondas de qualificação, mas vamos lutar por isso. Se não conseguirmos, vamos participar na FIBA Europe Cup, na qual já temos experiência de três épocas, cada ano jogando melhor.”

Mais uma época como treinador do FC Porto
“Sinto-me muito bem e motivado para o treino e competição. Vimos de um ano em que não fomos campeões, mas não se pode dizer que tenha sido um ano efetivamente mau para a secção. É importante que a equipa principal ganhe, pois é isso que garante a secção, mas tivemos todas as equipas de formação presentes nas fases finais nacionais, sendo que duas delas se sagraram campeãs. É mais uma época como as outras, com muita esperança e convencimento de que temos uma equipa pronta para conquistar títulos, que é o que queremos.”

+ notícias: FC Porto

Atletas da W52-FC Porto orgulhosos pela vitória na 80ª Volta a Portugal

No final da 80ª Volta a Portugal os ciclistas da W52-FC Porto mostraram-se orgulhosos pela vitória da equipa e de Raúl Alarcón.

"O nosso Raúl Alarcón demonstrou diversas vezes que era o mais forte do pelotão"

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, afirma que a W52-FC Porto foi "desde o princípio a equipa candidata número um" e que "Raúl Alarcón demonstrou diversas vezes que era o mais forte do pelotão". Diz ainda que "para quem duvidava que a equipa estava forte" a vitória por equipas e individual dos azuis e brancos revelou uma "demonstração de grande valor que a equipa continua a ter".

Raúl Alarcón conquista segundo triunfo consecutivo ao vencer 80ª Volta a Portugal

O ciclista espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) conquistou este domingo a segunda Volta a Portugal, ao ser terceiro na 10ª e última etapa, um contrarrelógio em Fafe, ganho pelo espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano).

Atualizado 12-08-2018 19:29

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.