Info

Bruxelas piora estimativa de crescimento da economia portuguesa para 2,2%

Bruxelas piora estimativa de crescimento da economia portuguesa para 2,2%
| Política
Porto Canal com Lusa

A Comissão Europeia está ligeiramente mais pessimista e reviu em baixa o crescimento da economia portuguesa para este ano, para 2,2%, depois de um "arranque suave" de 2018 e espera um abrandamento da criação de emprego.

Nas previsões de verão divulgadas hoje, Bruxelas piora a sua estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) português de 2,3% para 2,2%, ficando agora ligeiramente abaixo do que estima o Governo de António Costa (que é 2,3%).

"O crescimento do PIB português abrandou para 2,1% (em cadeia) no primeiro trimestre de 2018, devido sobretudo a um enfraquecimento das exportações líquidas. Parte da moderação é explicada por fatores temporários, como más condições meteorológicas que afetaram a construção e a atividade portuária", explica a Comissão.

+ notícias: Política

Ministro afirma que salário mínimo de 600 euros em 2019 "é ponto de partida"

O ministro do Trabalho disse esta sexta-feira que 600 euros para o salário mínimo em 2019 "é um ponto de partida" para a discussão, sublinhando que, se houver acordo para um montante superior, o Governo não se irá opor.

Marcelo Rebelo de Sousa pede aos partidos clareza nas propostas para as eleições em 2019

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu esta terça-feira aos partidos políticos "clareza dos propósitos e das propostas" para o ciclo eleitoral de 2019 em que se realizam europeias e legislativas.

Governo e parceiros sociais começam hoje a discutir aumento do salário mínimo

O Governo e os parceiros sociais dão esta terça-feira início à discussão sobre o aumento do salário mínimo para o próximo ano, com as centrais sindicais a exigirem um valor superior a 600 euros.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.