Info

Líder parlamentar do PSD admite revisão constitucional mas dá prioridade a reforma da Justiça

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 17 mai (Lusa) -- O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, admitiu hoje que a revisão constitucional poderá ser necessária mas defendeu que a prioridade deve ser a reforma da Justiça, que pode começar por questões mais simples.

Em carta enviada hoje ao líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, o deputado Fernando Negrão sublinha que "desde há muito" que o presidente do partido, Rui Rio, "vem defendendo uma reforma para a Justiça, envolvendo os partidos políticos, os profissionais judiciais bem como toda a sociedade".

Para o presidente do grupo parlamentar do PSD, a reforma da Justiça "pode começar nos simples problemas das instalações dos serviços de justiça, passando pela qualidade das leis ou, ainda, pela qualidade da gestão do próprio sistema", áreas que não carecem de revisão constitucional para serem alteradas.

Admitindo que a revisão constitucional "poderá acontecer no início ou na parte final dessa reforma" da Justiça, Negrão sustentou que deve haver uma programação "com a consciência de que necessariamente se prolongará no tempo".

"A acontecer o processo de revisão constitucional, o mesmo deverá ser ponderado no âmbito da citada programação", defende Fernando Negrão, na carta, a que a Lusa teve acesso.

O líder da bancada do CDS-PP tinha anunciado no passado dia 10 de maio que o seu partido quer que se abra um processo de revisão constitucional com "amplo consenso" e que escreveu uma carta aos restantes partidos com assento parlamentar para saber se estão disponíveis.

SF // JPS

Lusa/fim

+ notícias: Política

Tancos: Presidente da República garante desconhecer factos sobre reaparecimento das armas

O Presidente da República garantiu este sábado à Agência Lusa desconhecer os factos na base do desaparecimento e reaparecimento das armas de Tancos, recordando que tem insistido na exigência do esclarecimento de "toda a verdade, doa a quem doer".

Câmara de Vila Real lança segunda-feira campanha sobre perigo na A24

A Câmara de Vila Real disse que vai colocar painéis nas entradas da Autoestrada 24 (A24) para alertar os automobilistas para os “perigos e falhas” da via, uma iniciativa apoiada pela Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro).

Mário Centeno diz que eleitoralismo do PS foi cumprir todas as metas

O ministro das Finanças, Mário Centeno, considerou esta sexta-feira que o eleitoralismo do PS na proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) foi cumprir todas as metas e promessas, que se traduzem na estabilização do sistema financeiro português.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.