Jornal Diário Jornal das 13

Largas centenas de pessoas rodearam Marcelo na Avenida dos Aliados, no Porto

Largas centenas de pessoas rodearam Marcelo na Avenida dos Aliados, no Porto
| Norte
Porto Canal com Lusa

Largas centenas de pessoas rodearam hoje o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enquanto ele visitava, na Avenida dos Aliados, no Porto, as atividades militares complementares às comemorações oficiais o Dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas.

A visita começou às 10:30 e Marcelo Rebelo de Sousa visitou os meios da Força Aérea expostos na Avenida dos Aliados, ao mesmo tempo que era rodeado por centenas de populares, nomeadamente alunos de escolas do Porto, como a das Campinas e a Augusto Gil, por exemplo.

Numa das primeiras paragens desta visita, Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de brindar, com um cálice de Vinho do Porto, com o Ministro da Defesa, Azeredo Lopes.

O Presidente da República cumprimentou crianças e populares e no final da visita, após ter assinado um livro de honra, deslocou-se a pé pela Rua Sampaio Bruno, onde foi sempre interpelado pela população.

Marcelo Rebelo de Sousa estava ao meio-dia a percorrer a pé ruas do Porto, uma iniciativa que não prevista no programa divulgado pela Presidência da República.

No primeiro de três dias de celebrações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, o chefe de Estado vai ainda inaugurar a exposição que assinala os 500 anos do Foral Manuelino do Porto (15:00), visitar a associação Somos Nós (16:00), participar na cerimónia de cumprimentos ao corpo diplomático (19:30) e assistir ao concerto de órgão comemorativo do Dia de Portugal (20:15).

+ notícias: Norte

Freguesia de Sobrado luta por direito a transportes públicos e diz-se discriminada em Valongo

Mais de meia centena de pessoas concentraram-se hoje junto ao coreto da Vila de Sobrado, concelho de Valongo, distrito do Porto, para reivindicar o mesmo direito aos transportes públicos de que usufrui o resto do município.

Águeda tem estação arqueológica fechada devido a atos de vandalismo

A estação arqueológica do Cabeço do Vouga, que alguns investigadores dizem ser o local histórico da cidade romana de Talábriga, está fechada devido a atos de vandalismo, segundo a Câmara Municipal de Águeda.

Área Metropolitana do Porto revela inexistência de meios de monitorização das alterações climáticas

Um estudo da Área Metropolitana do Porto revela que a inexistência de meios de monitorização das alterações climáticas, prejudica a adaptação dos dezassete municípios. Prever riscos ou ameaças é o objetivo do estudo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.