Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Custo da mão-de obra sobe 1,6% na zona euro e 1,2% em Portugal no 4.º trimestre de 2016

| Economia
Porto Canal com Lusa

Bruxelas, 20 mar (Lusa) - Os custos horários da mão-de-obra aumentaram no quarto trimestre de 2016, 1,6% na zona euro, 1,7% na União Europeia (UE) e 1,2% em Portugal, face ao mesmo período de 2015, segundo o Eurostat.

De acordo com o gabinete oficial de estatísticas da UE, a subida dos custos da mão-de-obra acelerou na zona euro e UE face ao terceiro trimestre de 2016 (1,4% e 1,8%), mas abrandou em Portugal (2,8% entre julho e setembro de 2016).

Na zona euro, os custos com salários subiram 1,6% e os não salariais 1,5%, enquanto na UE aumentaram 1,8% e 1,5%, respetivamente.

Em Portugal, ambos os componentes dos custos horários da mão-de-obra subiram 1,2% face ao trimestre homólogo.

Entre outubro e dezembro de 2016 - e na comparação homóloga - a Roménia (12,3%), a Lituânia (10,7%), a Letónia (8,1%) e a Bulgária (8,0%) registaram as maiores subidas no indicador, tendo as quebras sido observadas na Grécia (-0,5%) e na Áustria (-0,1%).

IG // MSF

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Portugal é o país da zona euro que mais corta dívida pública até 2023

O FMI estima que Portugal consiga reduzir a dívida pública para perto de 105% do PIB até 2023, uma redução superior a 20 pontos percentuais e que é a mais forte da zona euro nos próximos seis anos.

Sindicato dos trabalhadores da função pública exige aumentos salariais

Os sindicatos dos trabalhadores da função pública exigem aumentos salariais. Dizem que as progressões nas carreiras não implicam um aumento real de vencimentos e destacam que os funcionários do Estado há mais de 20 anos que não vêm os salários atualizados de forma justa.

Ryanair assegura que disputa laboral não garante indemnização em voos cancelados

A transportadora aérea Ryanair garantiu esta quarta-feira que o cancelamento de voo devido a disputa laboral não prevê compensação ao abrigo da norma EU261, em resposta a uma informação da empresa AirHelp de há dois dias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.