Aprovado primeiro doutoramento no Instituto Politécnico de Coimbra

Aprovado primeiro doutoramento no Instituto Politécnico de Coimbra
DR
| Norte
Porto Canal/ Agências

O Instituto Politécnico de Coimbra anunciou esta quinta-feira que foi aprovada a criação do doutoramento em Sustentabilidade Agro-Alimentar e Ambiental, o primeiro a ser ministrado neste estabelecimento de ensino superior conimbricense.

Segundo o Politécnico de Coimbra, o doutoramento em Sustentabilidade Agro-Alimentar e Ambiental é uma parceria do Politécnico de Coimbra com o Instituto Politécnico de Castelo Branco e o Instituto Politécnico de Viseu, em cooperação com o Instituto Politécnico De Santarém.

“Trata-se de um passo importante para o Politécnico de Coimbra e para as outras instituições envolvidas, porque vem provar aquilo que há muito se sabia: os Politécnicos têm massa crítica suficiente para ministrar doutoramentos”, sublinhou o presidente do Politécnico de Coimbra, Jorge Conde.

O responsável destacou ainda a relevância do tema do doutoramento, que é definido pela Comissão de Avaliação Externa (CAE) como “muito importante e inovador no sistema de ensino português”.

O doutoramento em Sustentabilidade Agro-Alimentar e Ambiental visa “formar massa crítica e profissionais de elevado nível com competências para apoiar o desenvolvimento de áreas rurais em regiões vulneráveis face às alterações climáticas e socioeconómicas, como a Região Centro de Portugal”.

O curso será ministrado, a partir de setembro, nas escolas superiores agrárias de Coimbra, Castelo Branco e Viseu, e na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, contando com a cooperação da Escola Superior Agrária de Santarém.

De acordo com o Politécnico de Coimbra, o relatório de avaliação da CAE aponta como pontos fortes desta proposta de curso de doutoramento a “designação atrativa que identifica uma temática atual e relevante nas suas dimensões científica e social”.

“Constitui-se como oferta inovadora no sistema de ensino superior português, o plano de estudos, o elenco de unidades curriculares e os seus conteúdos e a capacidade científica, a experiência e os meios para o desenvolvimento de atividades de investigação, nomeadamente a qualidade do corpo docente nas áreas de conhecimento do novo ciclo de estudos”, evidencia.

+ notícias: Norte

Cobra assusta moradores de casa em Esposende e acaba resgatada

Uma cobra de escada foi resgatada, na noite desta segunda-feira, do interior de uma habitação na freguesia de S.Bartolomeu do Mar, em Esposende. O alerta às autoridades foi dado pelos moradores. 

Homem de 41 anos detido por provocar incêndio em Carrazeda de Ansiães

A Guarda Nacional Republicana (GNR) constituiu arguido um homem de 41 anos em Marzagão, Carrazeda de Ansiães, por ter ateado um incêndio de forma negligente enquanto manuseava uma motorroçadora, informou esta terça-feira a autoridade.

Há 400 presépios para ver em Barcelos

Em Barcelos desde o início deste mês que estão em exposição em vários espaços mais de 400 presépios de artesãos do concelho. Uma óptima oportunidade para conhecer mais e melhor do artesanato barcelense.