Dois detidos em flagrante por assalto a residências em Vila Real

Dois detidos em flagrante por assalto a residências em Vila Real
| Norte
Porto Canal/ Agências

A PSP deteve esta quarta-feira em flagrante dois homens de 28 e 30 anos por assalto a residências em Vila Real, depois de uma mulher alertar que estavam a entrar na sua casa, anunciou a força policial.

A Polícia contou, em comunicado, que recebeu uma chamada via número de emergência 112 de uma mulher residente na cidade de Vila Real que solicitava auxílio por dois indivíduos estarem a tentar entrar na sua residência, forçando a porta de entrada.

A PSP acrescentou que, de imediato, acionou os meios policiais para o local conseguindo intercetar e deter, em flagrante delito, os dois indivíduos, tendo ainda apreendido material utilizado na abertura das portas das residências.

A força policial disse que os dois homens “estão fortemente indiciados de assaltos a residências em Vila Real”, bem como de outras tentativas de assalto a casas na cidade, aproveitando a ausência das pessoas para a concretização destes crimes.

De acordo com a Polícia, um dos suspeitos reside na zona do Porto e o outro não tem residência fixa em território nacional.

Os detidos vão ser presentes na quinta-feira às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação de eventuais medidas de coação.

A Polícia Segurança Pública aproveitou ainda para “lembrar que a prevenção criminal começa em todos” e apelou para que qualquer situação que seja considerada estranha e que possa estar relacionada com o planeamento ou prática de um crime seja comunicada de imediato às autoridades policiais.

+ notícias: Norte

Incêndios. Autarca de Terras de Bouro pede regresso de helicóptero a Braga

O presidente da Câmara de Terras de Bouro, Manuel Tibo, pediu este sábado o regresso de um helicóptero ligeiro de combate a incêndios a Braga, retirado há um ano, lembrando a "perigosidade máxima" do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).

Há 400 presépios para ver em Barcelos

Em Barcelos desde o início deste mês que estão em exposição em vários espaços mais de 400 presépios de artesãos do concelho. Uma óptima oportunidade para conhecer mais e melhor do artesanato barcelense.

Pena de 25 anos de prisão para seis envolvidos na morte de empresário de Braga

O Tribunal de São João Novo, no Porto, aplicou esta quarta-feira 25 anos de prisão, a pena máxima, a seis envolvidos em 2016 no sequestro e homicídio de um empresário de Braga, cujo corpo acabou dissolvido em ácido sulfúrico.