Enfermeiros reivindicam mais condições de trabalho em frente ao Hospital de Santo António no Porto

Enfermeiros reivindicam mais condições de trabalho em frente ao Hospital de Santo António no Porto
Miguel Nogueira | Porto.
| Porto
Porto Canal/Agências

Os enfermeiros da Unidade Local de Saúde (ULS) de Santo António, no Porto, concentram-se esta terça-feira à porta do hospital para reivindicar mais condições de trabalho.

Num comunicado, o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses diz que o descontentamento dos enfermeiros da ULS Santo António “é muito e prende-se, desde logo, com o recurso ao trabalho extraordinário para dar resposta a necessidades permanentes”.

Aqueles profissionais de saúde exigem assim a admissão de enfermeiros com vínculo permanente, a regularização de todos os vínculos precários, a contagem de todo o tempo de trabalho para efeitos de progressão e a resolução de todas as injustiças.

“É inaceitável ser o Governo a fomentar a precariedade e a potenciar o ‘burnout’ nos profissionais de saúde em particular nos enfermeiros!”, frisam.

+ notícias: Porto

Antigo Matadouro de Campanhã já tem 700 postos de trabalho confirmados

A Mota-Engil é a primeira empresa a anunciar que irá ocupar escritórios no antigo Matadouro de Campanhã. A construtora portuense terá no futuro centro empresarial e cultural cerca de 700 trabalhadores, avançou ao Porto Canal, a presidente da Emerge.

O nome de Gisberta já está cravado nas ruas do Porto

Já foi colocada a placa toponímica na “Rua Gisberta Salce Júnior” na freguesia do Bonfim, no Porto. A decisão da atribuição foi aprovada no final de janeiro pelo executivo da Câmara do Porto.

Descentralização permite maior envolvimento da Câmara do Porto em processos sociais

A Câmara Municipal do Porto acompanhou mais de 7.200 processos sociais desde a transferência de competências na ação social, área em que gastou cerca de 2,1 milhões de euros desde abril de 2023, foi esta sexta-feira revelado.