O tempo no Grande Porto vai mudar? Saiba com o que contar na primeira semana de março

O tempo no Grande Porto vai mudar? Saiba com o que contar na primeira semana de março
| Porto
Porto Canal

Segundo a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê-se, a partir desta segunda-feira, períodos de chuva, céu muito nublado, queda de neve nas terras altas, acima dos 1000/1200 metros e uma pequena subida da temperatura, em particular a mínima no interior Norte.

Ao que tudo indica, este ‘cenário meteorológico’ vai manter-se até quarta-feira, dia em que há previsão de uma ligeira subida da temperatura máxima, em especial no Norte.

Relativamente à temperatura, no Porto as máximas vão rondar entre os 13 e os 15 graus Celsius, e as mínimas vão oscilar entre os 6 e os 9ºC.

Atendendo às condições meteorológicas, a Proteção Civil recomenda cuidados redobrados na estrada, alerta para os possíveis acidentes na orla costeira e eventuais quedas de ramos ou árvores, e adverte para o desconforto térmico.

As recomendações do SNS:
<0ºC – evitar sair à rua e estar exposto ao frio extremo;
0ºC/5ºC – ter cuidado com a formação de gelo, pois pode provocar quedas;
5ºC/10ºC – comer sopas, ingerir bebidas quentes e usar luvas, cachecol e gorro;
10ºC/15ºC – agasalhar e hidratar.

+ notícias: Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte mudou com o Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte, no coração do Porto, ganhou o nome da loja da esquina voltada ao Mercado do Bolhão. A emblemática empresa da cidade viria a encerrar em 2004, paradoxalmente o ano da criação da Porto Vivo, Sociedade de Reabilitação Urbana, que lançou as bases da nova vida do quarteirão. Entre projetos, demolições e mudança de promotores imobiliários, só ao fim de quase 20 anos é que o espaço da cidade vai voltar a receber moradores. Numa viagem pela história, que resposta dá à cidade o novo Quarteirão da extinta Casa Forte?

“A ‘cidade-negócio’ vai-se descaracterizando completamente perdendo interesse até para turistas”

A histórica Mercearia do Bolhão, aberta no Porto desde 1880, vai encerrar portas a 30 de abril para dar lugar a uma loja da multinacional Ale-Hop, como avançou o Porto Canal na manhã desta sexta-feira. À esquerda, os vereadores da oposição da Câmara do Porto lamentam que a cidade se vá ‘descaracterizando’.

Neonia: o novo museu interativo e néon que ilumina a história do Porto

Sabia que em 1917, dois acrobatas subiram à Torre dos Clérigos sem qualquer equipamento de proteção para promover uma marca de bolachas? Apesar de já ter passado mais de um século, este é um entre os tantos acontecimentos lembrados no novo museu que abriu portas este sábado no coração do Porto. “O Neonia é uma pura homenagem à cidade”, sublinha um dos responsáveis.