Rua de Matosinhos tem buraco a céu aberto

Rua de Matosinhos tem buraco a céu aberto
Foto: Pedro Benjamim | Porto Canal
| Norte
Pedro Benjamim

Um buraco na Rua de Recarei, em Matosinhos, está a impedir a normal circulação do trânsito, na direção Padrão da Légua – Pemel/Farfetch. Ao Porto Canal, a Câmara de Matosinhos afirma que o buraco abriu devido a um problema no coletor de águas pluviais causado pelo ramal domiciliário.

Após inspeção realizada pela autarquia foi aberto, esta sexta-feira, um concurso urgente para a atribuição da obra, que deverá arrancar no máximo nas próximas duas semanas, garantiu fonte da Câmara de Matosinhos.

A autarquia afirma que o buraco abriu há uma semana, clarificando que terá sido há cerca de oito dias, contudo, moradores e trabalhadores na zona ouvidos pelo Porto Canal defendem que o buraco está aberto “pelo menos há duas semanas”. Quem o afirma é uma das educadoras da creche e jardim de infância situada mesmo em frente ao buraco na Rua de Recarei.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

Para ir buscar e colocar as crianças na creche a vida fica mais dificultada. “Normalmente os pais estacionam aqui [junto à creche], e agora não podem estacionar aqui tão perto da escola”, conta uma educadora ao Porto Canal.

Também a das mães de uma das crianças que frequenta a creche corrobora a data. Terá sido “há duas semanas”, aponta.

Porto Canal

Do outro lado da rua, um dos trabalhadores da empresa Irmãos Pinto, Lda, uma oficina de veículos industriais, conta que “já faz mais de duas semanas”.

Um dos problemas que destaca é o “trânsito” que se sente em algumas horas devido à obstrução da via, sendo que já viu um carro “bater nas grades” que circundam o buraco e alertam para o problema. Essa foi uma das situações que a equipa de reportagem do Porto Canal presenciou no tempo em que esteve na zona. Um automóvel bateu com o retrovisor nas grades ficando com o vidro partido.

“Já não é a primeira vez” que abrem naturalmente buracos na rua, afirma Alberto, que está na zona desde os anos 80 e é dono da oficina, lembrando que “já houve aqui um buraco aberto, embora fosse mais pequeno”. De facto, o alcatrão naquela zona onde está o buraco é mais recente que aquele colocado na restante via.

Em janeiro de 2020, a Câmara de Matosinhos anunciava uma intervenção de “carácter urgente concretamente a execução de escavação e intervenção em infraestruturas hidráulicas que geraram abatimento na Rua Recarei.”

De acordo com dois moradores na zona, o buraco começou por estar sinalizado, sendo que dias depois foram colocadas as grades que alargam a zona de proteção do buraco na via.

Um deles, que vive na zona há 73 anos defende que o buraco está aberto “há cerca de três semanas”.

“Não é admissível olhando ao tempo e o trânsito que existe nesta rua”, desabafa o outro.

+ notícias: Norte

Matosinhos e CCDR-N querem abrir ao público Quinta de São Gens

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e a Câmara de Matosinhos querem abrir ao público a Casa e Quinta de São Gens, em Matosinhos, como um Parque de Natureza e Cultura, anunciaram esta quarta-feira.

Vai nascer laboratório de investigação no antigo Raf Park em Matosinhos

A Câmara de Matosinhos quer construir um laboratório de investigação ambiental e agrícola, no local onde estava situado o antigo Raf Park, em Santa Cruz do Bispo.

Já há cinco praias no Norte com vigilância fora de época. Federação estende apelo a todo o país

A Federação Portuguesa de Nadadores Salvadores insiste para que a vigilância nas praias se estenda para além da época balnear, em todo o país.