Estádio do Dragão recebe projeto pioneiro em Portugal

Estádio do Dragão recebe projeto pioneiro em Portugal
| Desporto
Porto Canal

Foi apresentado esta sexta-feira um novo espaço sensorial no Estádio do Dragão, um projeto pioneiro em Portugal e realizado em parceria com a Betano. A inauguração está marcada para este sábado, na receção do FC Porto ao Estrela da Amadora, e é mais um passo no percurso trilhado pelo clube para se tornar cada vez mais inclusivo. O local será dedicado a pessoas com dificuldades no processamento da informação sensorial, seja por défice sensorial ou por perturbação do espectro de autismo, e é mais um projeto com o objetivo de adaptar os serviços e instalações do clube para que sejam cada vez mais eficazes a dar resposta às necessidades de todos.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

Chama-se INZONE e permitirá que os adeptos ‘azuis e brancos’ assistam a um jogo de futebol num ambiente controlado, vivenciando o mínimo de experiências de sobrecarga sensorial. É mais uma iniciativa a juntar-se ao relato audiodescritivo dos jogos, a transmissão do hino do clube em língua gestual nos ecrãs do estádio ou a aplicação do código ColorAdd.

A apresentação da iniciativa decorre esta sexta-feira, dia 16 de fevereiro, na Tribuna Nascente do Estádio do Dragão e conta com a presença de representantes das três entidades envolvidas no projeto: FC Porto, Betano e Escola Superior de Saúde do Politécnico do Porto.

O espaço, construído em parceria com a Betano - a main sponsor do clube - e a Escola Superior de Saúde do Politécnico do Porto, é dividido em três áreas transitáveis e multidirecionais, para facilitar a participação ocupacional dos utilizadores, e sempre que possível, promover a capacitação gradual, cujo objetivo final será a integração na bancada junto de família e amigos.

A experiência é acompanhada, avaliada e mediada por profissionais de saúde qualificados. Adicionalmente, o acesso à INZONE é condicionado, de forma a garantir o máximo controlo de estímulos possíveis e evitar situações de sobreestimulação.

A Zona 1 - Sala Sensorial é um espaço com visibilidade direta para o relvado, onde é garantida a possibilidade de assistir ao jogo de futebol com controlo de todos os estímulos sensoriais. Ao contrário do ambiente de estádio, dentro da sala sensorial é possível controlar a quantidade, intensidade e frequência dos diferentes estímulos. Como tal, o som e a luz podem ser ajustados, visto que a sala é insonorizada e com luminosidade regulável.

O espaço está ainda equipado com materiais e equipamentos que enriquecem a experiência, sendo disso exemplo elementos visuais, auditivos, táteis, propriocetivos e vestibulares que possibilitam a autorregulação do utilizador em situações de sobreestimulação e a manutenção do estado de alerta e da atenção ao longo do jogo.

Estão também disponíveis outros materiais como bloqueadores de som, brinquedos reguladores e é também disponibilizado o acesso a meios de comunicação aumentativa.

No interior da sala é ainda possível recorrer à Realidade Virtual para experienciar diferentes ambientes relaxantes.

A Zona 2 - Zona Intermédia define-se como o espaço de transição entre a Sala Sensorial (zona 1) e a Zona 3. Nesta área, o utilizador passa a ter um menor controlo sobre o ambiente mas mantém o acesso a elementos propriocetivos, táteis e vestibulares que facilitam a sua regulação num ambiente menos controlado. Em situações de sobreestimulação e perante a dificuldade na gestão dos estímulos sensoriais, o utilizador poderá sempre regressar à Sala Sensorial e retomar o controlo do ambiente.

A Zona 3 - Bancada, enquanto área contígua à Zona 2, possibilita o primeiro momento em que o utilizador da INZONE assiste ao jogo junto de outros adeptos, sendo no entanto assegurada a possibilidade de regressar às zonas anteriores sempre que considere necessário. O projeto tem em conta que cada utilizador da INZONE terá diferentes especificidades e, consequentemente, diferentes necessidades.

Sobre esta nova iniciativa, o presidente do FC Porto Jorge Nuno Pinto da Costa salienta o trabalho que o clube tem feito “no âmbito da sustentabilidade e, mais propriamente, da inclusão que muito me orgulha e que tem sido descrito como sendo de referência na matéria. Este é mais um passo que damos, em parceria com a Betano e com a Escola Superior de Saúde do Politécnico do Porto, que permite dotar o nosso Estádio do Dragão de valências que não existiam e que nos tornam mais inclusivos e preparados para receber todos os portistas”.

Já Panos Konstantopoulos, Presidente da Kaizen Foundation, acrescenta que “é uma grande honra para mim, bem como para a Kaizen Gaming e Betano, apresentar esta iniciativa que pretende criar um ambiente mais inclusivo para indivíduos com dificuldades no processamento da informação sensorial. A nova sala sensorial no estádio do FC Porto é um passo significativo no sentido da integração social e da diversidade. Com o inestimável apoio do Presidente do FC Porto e em colaboração com a Escola Superior de Saúde do Politécnico do Porto, conseguimos criar um espaço seguro e agradável. Na Betano, estamos empenhados em apoiar continuamente iniciativas que promovam a consciência social e a igualdade para todos. Agradecemos sinceramente ao FC Porto pela sua colaboração e pela oportunidade de contribuir para a criação de um Mundo que aceita e apoia a inclusão".

O FC Porto e os seus parceiros neste projeto acreditam que a INZONE, desenvolvida de acordo com as guidelines da UEFA, será um excelente exemplo de como o futebol deve ser um promotor de inclusão, cumprindo assim o desígnio de não deixar que o futebol fique fora do alcance de ninguém.

Importa referir que face à escassez de experiência e estudos com este tipo de projetos, no futuro em parceria com a ESS | P. Porto serão criadas linhas de investigação científica sobre esta temática.

Para aceder ao INZONE é necessário contactar previamente o FC Porto, através do seguinte e-mail: suporte@fcporto.pt. Posteriormente, o acesso à sala sensorial será feito pelo elevador 11.

+ notícias: Desporto

Pepe: "Temos que demonstrar respeito pelo Sporting"

O último desafio da temporada 2023/24 centra as atenções do mundo do futebol em Oeiras, cidade anfitriã da decisão da Taça de Portugal que, este domingo, irá opor o FC Porto ao Sporting (17h15, RTP1). Convidado a fazer a antevisão do clássico na sala de imprensa do Estádio Nacional, Pepe deu voz a um grupo de atletas que encaram “todos os jogos com a máxima seriedade”, decididos a “dar o melhor trabalhando como equipa e demonstrando o espírito de querer ganhar” que faz do FC Porto “um grande clube”.

Sérgio Conceição: “Somos um clube que vive de títulos”

Sérgio Conceição antevê “um jogo competitivo e difícil” frente ao Sporting (domingo, 17h15).

AVS de Jorge Costa vence em Portimão e ganha vantagem no play-off de acesso à I liga

O AVS, da II Liga de futebol, adiantou-se este sábado no play-off de acesso à I Liga de futebol, ao vencer o Portimonense 2-1, em jogo da primeira mão, disputado em Portimão.