Criança de Guimarães teve que ir a Lisboa para receber serviço de urgência

Criança de Guimarães teve que ir a Lisboa para receber serviço de urgência
DR
| País
Porto Canal / Agências

O Hospital D. Estefânia, em Lisboa, recebeu esta segunda-feira no serviço de urgência uma criança para ser operada vinda de Guimarães devido às limitações nos hospitais, revelou à Lusa uma fonte do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central (CHULC).

Foi cerca das 17:00 que o hospital pediátrico D. Estefânia, que faz parte do CHULC, recebeu “uma criança em urgência para cirurgia pediátrica vinda do Hospital de Guimarães”, disse a mesma fonte, realçando ser “o caso mais elucidativo” das limitações e do fecho de serviços por falta de médicos para assegurarem as escalas.

O Hospital D. Estefânia está a receber uma média de 300 doentes por dia no serviço de urgência, tendo atingido 378 episódios de urgência no dia 13 de novembro, o que, segundo a mesma fonte, representa uma situação “muito complicada”.

No domingo, o serviço de urgência do hospital D. Estefânia atendeu 288 casos (mais 47 comparativamente ao dia 10 de dezembro de 2022), no sábado 296 casos (mais 55) e na sexta-feira (mais 62).

Esta situação deve-se ao encerramento de várias urgências em torno do hospital, uma situação que afeta esta semana 33 serviços de urgência do Serviço Nacional de Saúde.

Segundo a Direção Executiva do SNS, 33 serviços de urgência em todo o país vão estar a funcionar com limitações esta semana.

Segundo o novo plano de reorganização da rede dos serviços de urgência do SNS, para o período entre 10 e 17 de dezembro, serão 50 unidades a funcionar em pleno (60%), dos 83 pontos em todo o país, e nas restantes verifica-se “uma melhoria real nas especialidades com constrangimentos e dos dias com limitações”.

O plano indica que as especialidades com mais constrangimentos nas urgências são cirurgia geral, pediatria, ortopedia e ginecologia e obstetrícia, mas há quatro hospitais que apresentam, em alguns dias, limitações nas urgências da Via Verde AVC, nomeadamente Viana do Castelo, Guarda, Santarém e Garcia de Orta, em Almada.

+ notícias: País

Mais de 200.000 eleitores podem já votar este domingo 

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, é um dos mais de 200 mil eleitores que se inscreveram para o voto antecipado, este domingo, uma semana antes do dia das legislativas.

Segundo satélite português lançado para o espaço esta segunda-feira

O segundo satélite português vai ser lançado para o espaço na segunda-feira, a partir dos Estados Unidos, para observar os oceanos durante três anos.

Marcelo vota antecipadamente e pede que se pondere voto eletrónico

O Presidente da República apelou aos portugueses para que votem este domingo e no dia 10, evitando a tendência de aumento de abstenção que se verifica noutros países, e pediu que se ponderasse sobre o voto eletrónico.