Caso das Gémeas: Ofício de Marcelo chegou ao MNE, mas Carneiro não responde a questões e remete para sucessora

Caso das Gémeas: Ofício de Marcelo chegou ao MNE, mas Carneiro não responde a questões e remete para sucessora
| País
Maria Abrantes

O ministro da Administração Interna José Luís Carneiro não esclarece se já tinha conhecimento do caso das gémeas luso-brasileiras, antes de o mesmo se tornar público, mesmo que a nacionalidade das crianças tenha sido obtida enquanto Carneiro ocupava o cargo de secretário de Estado das Comunidades Portuguesas. Berta Nunes, a sua sucessora, confirma a receção da carta enviada pela Casa Civil, mas diz que o assunto foi encaminhado para a Direção-Geral dos Assuntos Consulares das Comunidades Portuguesas (DGACCP).

“Isto não chegou a passar por mim”, sublinha a sucessora de José Luís Carneiro, apesar de confirmar a entrada do ofício, aquando do seu mandato.

“Eu não sei o que é que a DGACCP fez. Não faço a mínima ideia. Sei que no nosso gabinete só existe essa entrada e essa saída”, esclarece Berta Nunes, em declarações exclusivas ao Porto Canal, referindo-se a 31 de outubro de 2019 como data de entrada da referida carta, enviada pelo Presidente da República e a 7 de novembro, data em que o seu chefe de gabinete terá encaminhado a mesma carta para a DGACCP.

“Eu não me recordava de nada até me terem falado. Isto entrou já eu era secretária de Estado”, ressalva Berta Nunes, que tinha assumido o cargo a 26 de outubro, substituindo José Luís Carneiro.

No ofício, que acompanhava a referida carta, podia ler-se: “Envia-se esta informação de duas cidadãs portuguesas, residentes em São Paulo”, confirmando que as meninas já teriam cidadania portuguesa, aquando do envio da carta, tanto para o gabinete do Primeiro-Ministro como para o gabinete da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas.

O processo ‘record’ de obtenção da nacionalidade portuguesa terá ocorrido num período pré-mandato de Berta Nunes, correspondendo ao período em que José Luís Carneiro assumia o cargo de secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

“Sugerimos que contacte a ex-Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas Berta Nunes”. Esta foi a resposta oficial do gabinete do ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, após o Porto Canal ter feito um pedido de esclarecimento sobre um eventual envolvimento do atual governante no caso das gémeas luso-brasileiras.

Quando confrontado novamente com esse cenário, o candidato à liderança do PS voltou a não responder, em declarações à margem de um jantar da Associação do Corpo Consular do Porto, realizado esta terça-feira.

De recordar que as gémeas foram tratadas no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e conseguiram a nacionalidade portuguesa 14 dias após o pedido, feito no início de setembro de 2019, no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, no Brasil.

+ notícias: País

Conheça a chave do EuroDreams desta segunda-feira

Já é conhecida a chave do EuroDreams desta segunda-feira

Terceiro prémio do Eurodreams a caminho de Portugal

Na noite desta segunda-feira, não houve qualquer apostador em Portugal ou no estrangeiro a arrecadar qualquer um dos primeiros prémios no concurso Eurodreams.

Segundo satélite português já foi lançado para o espaço

Portugal enviou o seu segundo satélite para o espaço, o "Aeros MH-1", a bordo de um foguetão da SpaceX, que descolou esta segunda-feira dos Estados Unidos às 14h05 (22h05 em Lisboa).