Autarquia de Miranda do Douro quer que EDP pague impostos de venda de barragens

| Norte
Porto Canal

A autarquia de Miranda do Douro vai fazer tudo para que a EDP pague os impostos da venda de barragens, anuncia Helena Barril, presidente da Câmara Municipal de Miranda do Douro.

Após as declarações do diretor executivo da EDP, a câmara garantiu vai fazer tudo para que os impostos sobre as barragens de Picote e Miranda sejam cobrados.

“Aquilo que se exige é que a EDP pague os impostos que nós achamos que são devidos pela venda das barragens”, afirmou a autarca no Porto Canal.

“Esta é uma luta nossa e vamos com ela até ao fim até conseguirmos atingir os nossos objetivos”, garantiu Helena Barril.

O município acusou, ainda, a EDP de fugir, durante décadas, ao pagamento de IMI das barragens.

Esta quinta-feira a companhia elétrica disse não compreender a decisão de cobrar Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) às barragens e que entende que não se aplica a este tipo de bens, mas aguardam despacho do Governo para tomar decisões.

+ notícias: Norte

FC Porto: O abraço de Sérgio Conceição à equipa dos Dragões

O momento em que Sérgio Conceição se reencontrou com os jogadores do FC Porto após a conquista da Taça de Portugal foi marcado por uma onda de emoções.

Há 400 presépios para ver em Barcelos

Em Barcelos desde o início deste mês que estão em exposição em vários espaços mais de 400 presépios de artesãos do concelho. Uma óptima oportunidade para conhecer mais e melhor do artesanato barcelense.

Pena de 25 anos de prisão para seis envolvidos na morte de empresário de Braga

O Tribunal de São João Novo, no Porto, aplicou esta quarta-feira 25 anos de prisão, a pena máxima, a seis envolvidos em 2016 no sequestro e homicídio de um empresário de Braga, cujo corpo acabou dissolvido em ácido sulfúrico.