Economia portuguesa cresceu 6,7% em 2022

Economia portuguesa cresceu 6,7% em 2022
| Economia
Porto Canal/Agências

Nas contas nacionais trimestrais esta terça-feira publicadas, o Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou que o Produto Interno Bruto (PIB) subiu 6,7% em 2022. Este valor corresponde à taxa mais elevada desde 1987.

No entanto, este valor situa-se uma décima abaixo da previsão do Governo, visto que no final de dezembro, Fernando Medina, Ministro das Finanças tinha apontado que iria acabar o ano com um “crescimento de cerca de 6,8%”.

Esta taxa fixa-se, contudo, acima dos 6,5% estimados no Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), que deu entrada no parlamento em outubro passado.

No que se refere ao quarto trimestre de 2022, o INE reviu em alta a expansão homóloga do PIB para 3,2% (face aos 3,1% estimados em janeiro e desacelerando face aos 4,8% do terceiro trimestre) e a variação em cadeia para 0,3% (taxa idêntica à do trimestre anterior e acima dos 0,2% avançados na estimativa de janeiro).

+ notícias: Economia

Há mudanças nas transferências bancárias a partir desta segunda-feira

As transferências bancárias entre contas portuguesas passam a ter, a partir desta segunda-feira, a confirmação prévia do beneficiário antes de ser dada a ordem final da transferência do dinheiro.

Bruxelas elogia cortes "permanentes de despesa" anunciados pelo Governo

A Comissão Europeia saudou hoje o facto de as medidas anunciadas pelo primeiro-ministro se basearem em "reduções permanentes de despesa" e destacou a importância de existir um "forte compromisso" do Governo na concretização do programa de ajustamento.

Bruxelas promete trabalhar "intensamente" para conluir 7.ª avaliação

Bruxelas, 06 mai (Lusa) -- A Comissão Europeia está empenhada em trabalhar "intensamente" para terminar a sétima avaliação à aplicação do programa de resgate português antes das reuniões do Eurogrupo e do Ecofin da próxima semana, mas não se compromete com uma data.