Dois jovens de 22 anos morrem em deslizamento de terra em Esposende

Dois jovens de 22 anos morrem em deslizamento de terra em Esposende
| Norte
Porto Canal / Agências

Duas pessoas morreram, na madrugada desta quarta-feira, em Palmeira de Faro, concelho de Esposende, vítimas de um deslizamento de terra, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Esposende.

“Um deslizamento de uma vertente atingiu uma habitação familiar e fez duas vítimas mortais de 22 anos”, informou o adjunto do Comando dos Bombeiros Voluntários de Esposende, distrito de Braga.

Os corpos estão por resgatar. Os operacionais no terreno aguardavam, cerca das 6h, pela “garantia de condições de segurança para ser usada maquinaria pesada na remoção dos detritos”, adiantou Júlio Melo.

No deslizamento, em que foram arrastadas “pedras de alguma dimensão”, foi “atingido um compartimento situado nas traseiras da habitação”, afirmou a mesma fonte.

Segundo os bombeiros de Esposende, na habitação estavam seis pessoas, duas delas (vítimas mortais) num anexo nas traseiras.

Para o local encontram-se 17 operacionais apoiados por oito viaturas, segundo a página da Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Entre os meios no local está uma equipa de psicólogos do INEM, segundo os bombeiros de Esposende.

O alerta foi dado às 3h55.

+ notícias: Norte

Crescimento da procura no metro do Porto potenciada pela linha amarela

Em 2022, o metro do Porto ultrapassou as 65 milhões de validações. O ano passado foi o segundo melhor de sempre em termos de procura, uma vez que foram registadas menos 8,9% das validações, face ao melhor ano (2019).

Presidente da Câmara de Vila Real critica a distribuição dos fundos comunitários

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, confirmou na passada quarta-feira que as propostas de criação de duas novas NUT II já foram aprovadas por Bruxelas. Rui Santos, em declarações ao Porto Canal, criticou a criação das NUTs, que segundo o autarca falharam ao não olhar para o país em geral.

Câmara de Aveiro vai contratar mais funcionários para as escolas

A Câmara Municipal de Aveiro decidiu esta quinta-feira contratar mais funcionários para as escolas, face à avaliação das necessidades feita junto dos agrupamentos.