CP: Depois do Santo António, sindicato marca greve “a norte de Pombal” para véspera de São João

CP: Depois do Santo António, sindicato marca greve “a norte de Pombal” para véspera de São João
Global imagens
| Norte
Porto Canal

Depois da greve marcada “a sul da Estação de Pombal” que decorre nos dias 12 de junho e 13 de junho, período correspondente ao Santo António, a CP marcou nova greve apenas “a norte da Estação de Pombal” para os dias 23 e 24 de junho, véspera e dia de São João, respetivamente. O Porto Canal teve acesso ao pré-aviso de greve do Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante e, tal como é referido, a greve abrange os trabalhadores de todas as categorias profissionais da CP num período entre a meia noite de 23 de junho até às 7 da manhã de 24 de junho. No entanto, o sindicato adianta que deverá começar a sentir-se os efeitos logo no dia 22 de junho.

Segundo o documento a que o Porto Canal teve acesso, no centro das reivindicações está “uma valorização salarial justa” e a contestação a um novo acordo de empresa. O sindicato espera que a greve venha a ter um forte impacto em cidades como Porto e Braga, onde as festas populares atraem todos os anos centenas de milhares de pessoas.

+ notícias: Norte

Viaturas de adeptos croatas vandalizadas na Trofa. Veja as imagens

Pelo menos sete viaturas com matrícula da Croácia e outras nacionalidades, como Bósnia, foram vandalizadas esta tarde, junto da Estação Ferroviária da Trofa. As viaturas pertencem a adeptos do Hajduk Split, clube que esta tarde defrontou o Vitória, em Guimarães.

Entre os danos, contam-se vários vidros partidos e pneus furados.

Jornalistas agredidos por adeptos do Hajduk Split em Guimarães

Jornalistas e repórteres de imagem foram agredidos esta noite, cerca das 20:05, durante a saída dos adeptos do Hajduk Split do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Através das imagens da Sporttv, que se encontrava em direto, é possível ver alguns jornalistas e repórteres de imagem a serem alvo de pontapés e outras agressões por parte da claque croata.

Utentes da CERCI Braga em risco de ficarem sem apoio 

A CERCI de Braga pode ter de fechar as duas residências para pessoas com deficiência intelectual viverem de forma mais autónoma. Em causa está a falta de acordo de cooperação com a Segurança Social.