Covid-19: Portugal está longe de atingir "linhas vermelhas" no SNS - ministra da Presidência

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 02 dez 2021 (Lusa) -- O Governo considerou hoje que, apesar do gradual aumento da incidência da covid-19, em Portugal, o país está ainda longe de atingir as "linhas vermelhas", designadamente no que respeita a internados em cuidados intensivos.

Esta posição foi transmitida pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, no final da reunião do Conselho de Ministros, numa conferência de imprensa em que afastou, pelo menos a curto prazo, novas medidas restritivas para o combate à pandemia.

"Julgamos que as medidas que entraram em vigor ontem [na quarta-feira] são as necessárias", declarou Mariana Vieira da Silva, elogiando depois o grau de cumprimento verificado em relação a essas novas medidas, assim como o número recorde de testes realizados em Portugal.

 

PMF // ACL

 

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Ministro da Saúde rejeita conflito de interesses por ser casado com bastonária

O ministro da Saúde afirmou esta segunda-feira que não há conflito de interesses por ser casado com a atual bastonária da Ordem dos Nutricionistas, dizendo que a tutela daquele organismo está delegada à secretária de Estado da Promoção da Saúde.

Ministro da Saúde disponível para alterar legislação sobre carreira farmacêutica

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, mostrou esta segunda-feira, durante as comemorações do Dia do Farmacêutico, em Sintra, disponibilidade para retomar negociações com a Ordem dos Farmacêuticos (OF) sobre alterações na legislação da carreira farmacêutica.

Ventura diz que relações entre Chega e PSD estão “muito mornas”

O presidente do Chega, André Ventura, considerou esta segunda-feira que as relações entre o seu partido e o PSD estão “muito mornas” e instou os sociais-democratas a mostrarem sinais de aproximação.