Info

Covid-19: Itália regista 13.114 casos diários e aumentam receios sobre novo avanço

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Roma, 01 mar 2021 (Lusa) -- A Itália registou 13.114 novos contágios pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, foi hoje divulgado, numa altura em que aumentam os receios sobre um possível novo avanço do vírus no país e as autoridades admitem mais restrições.

Um ano depois do início da crise pandémica, e com a contabilização dos novos contágios, o país está quase a atingir os três milhões de casos de infeções, ao totalizar, até à data, 2.938.371 casos de pessoas que ficaram infetadas pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim informativo do Ministério da Saúde italiano.

O número diário de casos positivos hoje divulgado é inferior quando comparado com os 17.000 contágios comunicados no domingo, mas durante o fim de semana o país faz normalmente menos testes e menos trabalho de rastreamento.

Nas últimas 24 horas, o país contabilizou 246 óbitos associados à doença covid-19, com o número total de mortes registadas no território italiano desde o início da crise pandémica, em 21 de fevereiro, a situar-se agora nos 97.945, de acordo com a mesma fonte.

No que diz respeito aos recuperados, o país regista um total de 2.416.093, um aumento de 10.894 recuperações face ao dia anterior.

Existem 424.333 casos positivos de covid-19 que estão atualmente ativos em Itália, um aumento de 1.966 casos em relação a domingo, indicador que influencia a pressão exercida sobre os hospitais italianos, de acordo com as autoridades locais.

Dos casos positivos atualmente ativos em Itália (a grande maioria são doentes que estão nas respetivas casas com sintomas ligeiros da doença ou estão assintomáticos), 21.401 são pessoas que estão hospitalizadas (mais 532 em relação ao dia anterior), existindo 2.289 doentes em unidades de cuidados intensivos (UCI), mais 58 pacientes em comparação aos indicadores de domingo.

Estes dados sugerem que a curva de contágios está a aumentar no país, segundo reconheceu hoje o ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza.

"A curva de contágios está a aumentar de maneira significativa", afirmou Roberto Speranza, durante uma intervenção pública, aproveitando a mesma ocasião para incentivar a população italiana a manter-se em estado de alerta e a continuar a lutar contra o novo coronavírus.

Entretanto, o novo Governo italiano liderado pelo tecnocrata Mário Draghi está a preparar aquele que será o seu primeiro decreto com medidas restritivas e que irá estar em vigor entre 06 de março e 06 de abril, ou seja, durante o período das férias da Páscoa.

Segundo o projeto do decreto, avançado pelos 'media' italianos, Mário Draghi pretende manter o rigor das restrições e o sistema de cores (amarelo, laranja e vermelho) em vigor no país, que determina as medidas a aplicar nas diferentes regiões italianas em função do risco de contágio.

Atualmente, metade das 20 regiões italianas estão "pintadas" a laranja, ou seja, zonas de médio risco de contágio.

Apenas duas, Basilicata e Molise (sul), estão classificadas como zonas "vermelhas", o nível mais alto de risco de contágio e como tal área que deve cumprir um confinamento.

A pandemia da doença covid-19 provocou pelo menos 2.531.448 mortos no mundo, resultantes de mais de 114 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus (SARS-Cov-2) detetado em dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

SCA // ANP

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

União Europeia assina contrato com a Pfizer para comprar 1,8 mil milhões de doses de vacinas

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou hoje um novo contrato para comprar até 1,8 mil milhões de doses de vacinas contra a covid-19 da BioNTech-Pfizer, até 2023.

Covid-19: BioNTech confiante na eficácia de sua vacina contra a variante indiana

O fundador e diretor do laboratório BioNTech, Ugur Sahin, disse hoje estar "confiante" na eficácia da sua vacina, desenvolvida com o grupo americano Pfizer, contra a variante indiana da covid-19.

Covid-19: Itália com 8.292 novos casos e menor número de mortos desde outubro

Roma, 09 mai 2021 (Lusa) -- A Itália registou hoje mais 8.292 novas infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2 e 139 mortos associados à covid-19, o que representa o menor número de óbitos num dia desde outubro do ano passado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Hoje Conhecemos - Nuno Palhas
Zoom Zoom Z o o m