Info

Consumo de eletricidade por causa do frio bate recorde diário com 11 anos

Consumo de eletricidade por causa do frio bate recorde diário com 11 anos
| Economia
Porto Canal com Lusa

O consumo de eletricidade bateu na quarta-feira o recorde diário de 11 anos e o de gás natural ultrapassou o máximo de 2017, segundo dados da REN - Redes Energéticas Nacionais hoje divulgados.

A vaga de frio é a razão para o aumento de consumo de energia, levando a bater recordes tanto a nível de pico como de consumo diário, refere a gestora das redes energéticas em Portugal.

O consumo máximo diário de energia elétrica atingiu 185,1 GWh na quarta-feira (13 de janeiro), superando o máximo registado em 11 de janeiro de 2010.

O maior pico de consumo de eletricidade registou-se às 19:30 de dia 12, e foi de 9.887 MW, ultrapassando o recorde de 9.403 MW registado em 2010.

Já o consumo mais elevado de gás natural foi registado no passado dia 5, de 299,1 GWh, ultrapassando o anterior recorde 269,9 GWh de 5 de dezembro de 2017.

Ainda no dia 5, às 20:00, registou-se o pico de consumo mais elevado de sempre, com 14.874 MW de consumo, quando o anterior máximo era de 13539 MW registado em 7 de janeiro de 2020.

Ainda no gás natural, os dados mostram novos máximos históricos registados no dia 5 quanto à emissão diária do terminal de GNL de Sines para a rede e no dia 8 na exportação para Espanha, através da interligação de Campo Maior.

+ notícias: Economia

Covid-19: Ministros do Turismo debatem harmonização de regras e certificado de vacinação

Os ministros do Turismo da Europa debatem na segunda-feira os planos para a harmonização de regras para as viagens, nomeadamente através do uso de um certificado de vacinação, adiantou a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, à Lusa.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m