Covid-19: PR admite falar ao país na próxima semana após Costa anunciar medidas no sábado

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 29 out 2020 (Lusa) - O Presidente da República admitiu hoje vir falar ao país na próxima semana, após o primeiro-ministro anunciar aos portugueses no sábado um roteiro de medidas para conter a propagação da covid-19.

Em resposta a questões dos jornalistas, na varanda do Palácio de Belém, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que recebeu o primeiro-ministro, António Costa, em audiência, na quarta-feira.

"Ele expôs-me as ideias que tem. Vai ouvir sobre essas ideias os partidos políticos amanhã [sexta-feira]. Vai reunir um Conselho [de Ministros] extraordinário no sábado. Falará ao país no sábado a dizer as medidas para que aponta o Governo e o roteiro dessas medidas", adiantou.

"E depois eu admito eventualmente dizer alguma coisa ao país no decurso da semana que vem", acrescentou o chefe de Estado.

IEL // JPS

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Ministro da Saúde rejeita conflito de interesses por ser casado com bastonária

O ministro da Saúde afirmou esta segunda-feira que não há conflito de interesses por ser casado com a atual bastonária da Ordem dos Nutricionistas, dizendo que a tutela daquele organismo está delegada à secretária de Estado da Promoção da Saúde.

Ministro da Saúde disponível para alterar legislação sobre carreira farmacêutica

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, mostrou esta segunda-feira, durante as comemorações do Dia do Farmacêutico, em Sintra, disponibilidade para retomar negociações com a Ordem dos Farmacêuticos (OF) sobre alterações na legislação da carreira farmacêutica.

Ventura diz que relações entre Chega e PSD estão “muito mornas”

O presidente do Chega, André Ventura, considerou esta segunda-feira que as relações entre o seu partido e o PSD estão “muito mornas” e instou os sociais-democratas a mostrarem sinais de aproximação.