Info

Covid-19: China regista sete novos casos de contágio local e nove importados

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 19 abr 2020 (Lusa) - A China registou 16 novos casos da covid-19, nas últimas 24 horas, incluindo sete de contágio local, informou hoje a Comissão de Saúde do país.

O país asiático mantém assim a tendência de queda no número de infetados, depois de um aumento significativo, no início da semana, sobretudo de casos importados, maioritariamente cidadãos chineses que entraram na província de Heilongjiang, no nordeste da China, a partir da Rússia.

Entre os casos de contágio local, seis foram detetados em Heilongjiang e um na província de Guangdong, adjacente a Macau.

Até às 23:59 de sábado (16:59 em Lisboa), não houve novas vítimas mortais.

O país voltou assim a reduzir o número de infetados "ativos", para 1.041, entre os quais 85 em estado grave.

O número total de infetados diagnosticados na China desde o início da pandemia é de 82.735, incluindo 4.632 mortos. Até ao momento, 77.029 pessoas tiveram alta.

As autoridades chinesas referiram que 724.850 pessoas que tiveram contacto próximo com infetados estiveram sob vigilância médica na China, entre as quais 8.632 permanecem sob observação.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 158 mil mortos e infetou mais de 2,2 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 502 mil doentes foram considerados curados.

JPI // EJ

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Covid-19: OMS recomenda reforço com vacina da Pfizer em menores de 12 anos

Copenhaga, 21 jan 2022 (Lusa)- O comité de peritos assessor da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou hoje que seja alargada a administração de uma dose reduzida da vacina da Pfizer-BioNTech contra a covid-19 a crianças dos 5 aos 11 anos.

Nuclear: Irão negoceia com Rússia extensão de central em Bushehr

Teerão, 21 jan 2022 (Lusa) -- O Irão está a negociar com a Rússia a construção de duas novas unidades de produção na única central nuclear do país, anunciou hoje um funcionário da Organização de Energia Atómica (AEIO) do país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS