Info

Covid-19: Argélia regista a primeira morte devido ao novo coronavírus

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Argel, 12 mar 2020 (Lusa) - A Argélia registou a sua primeira morte devido à infeção pelo novo coronavírus (Covid-19), anunciou hoje num comunicado o Ministério da Saúde do país.

O comunicado de imprensa, citado pela agência oficial APS, não forneceu mais detalhes sobre essa morte.

Além disso, cinco novos casos de Covid-19 foram identificados, elevando para 24 o número de casos confirmados no território argelino, de acordo com o Ministério da Saúde argelino.

Um 25.º caso - o primeiro registado na Argélia - refere-se a um cidadão italiano diagnosticado positivo em fevereiro, mas que voltou ao seu país.

Entre os cinco novos casos anunciados na quinta-feira, estão dois argelinos que estiveram em França.

Ambos foram hospitalizados, um deles na cidade de Souk-Ahras (leste do país) e outro em Tizi-Ouzou, a leste de Argel.

As outras três pessoas estão a ser tratadas num hospital na província de Blida, a sudoeste de Argel, segundo o Ministério da Saúde.

Dezassete membros da mesma família em Blida já foram infetados, em conexão com os casos confirmados em cidadãos argelinos em França.

A pandemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.500 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ultrapassou as 124 mil pessoas, com casos registados em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 59 casos confirmados.

CSR // FPA

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Alta-Comissária da ONU para os Direitos Humanos pede "libertação imediata" do PR do Burkina Faso

Genebra, 25 jan 2022 (Lusa) - A Alta-Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, apelou hoje à "libertação imediata" do Presidente do Burkina Faso, Roch Marc Christian Kaboré, deposto por um golpe militar este fim de semana.

Polícia britânica está a investigar "festas" durante pandemia em Downing Street

Londres, 25 jan 2022 (Lusa) - A polícia britânica anunciou hoje que está a investigar as presumíveis festas organizadas em Downing Street durante os períodos de confinamento impostos no âmbito da pandemia, situação que está a colocar sob forte pressão o primeiro-ministro Boris Johnson.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.