Governo foi "até onde podia ir" nos aumentos salariais na Função Pública

Governo foi "até onde podia ir" nos aumentos salariais na Função Pública
| Economia
Porto Canal com Lusa

O secretário de Estado da Administração Pública, José Couto, garantiu hoje que o Governo "foi até onde podia ir" em matéria de atualização dos salários com a proposta de 0,3% e destacou o esforço do executivo de "regressar à normalidade".

"A proposta do Governo foi até onde podia ir, tendo em conta que o descongelamento das carreiras, com o pagamento a 100% das valorizações remuneratórias resultantes tem um impacto nas contas públicas em matéria de massa salarial de 527 milhões de euros", disse o governante aos jornalistas no final da reunião suplementar que deu por encerrada as negociações com os sindicatos da Função Pública, em Lisboa.

Questionado pelos jornalistas sobre a indignação dos sindicatos com o valor apresentado pelo executivo, José Couto afirmou que 0,3% "é aquilo que o Governo considera que está nas possibilidades do enquadramento financeiro e orçamental".

+ notícias: Economia

Boas notícias para os automobilistas. Preços dos combustíveis vão voltar a descer

A próxima semana vai trazer boas notícias para os automobilistas. Pela segunda semana consecutiva, os preços dos combustíveis vão voltar a descer.

Bruxelas elogia cortes "permanentes de despesa" anunciados pelo Governo

A Comissão Europeia saudou hoje o facto de as medidas anunciadas pelo primeiro-ministro se basearem em "reduções permanentes de despesa" e destacou a importância de existir um "forte compromisso" do Governo na concretização do programa de ajustamento.

Bruxelas promete trabalhar "intensamente" para conluir 7.ª avaliação

Bruxelas, 06 mai (Lusa) -- A Comissão Europeia está empenhada em trabalhar "intensamente" para terminar a sétima avaliação à aplicação do programa de resgate português antes das reuniões do Eurogrupo e do Ecofin da próxima semana, mas não se compromete com uma data.