CP revela que quer começar a recuperar comboios no fim do ano em oficina de Matosinhos

CP revela que quer começar a recuperar comboios no fim do ano em oficina de Matosinhos
| Norte
Porto Canal com Lusa

O novo presidente da CP revelou esta quarta-feira que espera ter a oficina de Guifões, Matosinhos, a retomar a recuperação de comboios "no fim do ano" e, no próximo verão, ter já alguns ao serviço da linha do Douro.

"Gostaria muito de, no próximo verão, ver alguma diferente na linha do Douro", afirmou Nuno Freitas, nomeado presidente da CP -- Comboios de Portugal há uma semana, numa visita à oficina da EMEF-Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário de Matosinhos, distrito do Porto, que vai voltar a receber comboios para reparação e deve estar a laborar "praticamente a 100% no fim do ano".

De acordo com o responsável, a recuperação de composições da CP num prazo de 18 meses vai servir para "reforçar a linha de Sintra", as linhas que estão a ser eletrificadas, "nomeadamente Viana do Castelo" e a linha do Douro, o que "permitirá libertar material circulante para as linhas do Oeste, para Beja e eventualmente para o Algarve".

A reativação da oficina faz parte do plano do Governo para recuperar comboios que tinham sido abandonados até que chegue, em 2023, a encomenda de 22 novos comboios.

+ notícias: Norte

Na mira da justiça. MP investiga alegado caso de corrupção envolvendo ex-autarca de Ovar

O Ministério Público (MP) abriu um inquérito relacionado com um caso de alegada corrupção envolvendo o ex-presidente da Câmara de Ovar Salvador Malheiro, que confirmou ter apresentado esta terça-feira no tribunal local uma queixa-crime contra o autor da denúncia.

O que pensam os portuenses de um país chamado Galécia? 

As eleições regionais da Galiza deste domingo colocaram pela primeira vez a hipótese de o Bloque Nacionalista Galego ascender ao poder, com a intenção de fazer ressurgir o debate do independentismo galego. A irmandade Norte de Portugal Galiza é histórica e a criação de uma nação conjunta foi defendida por muitos no passado. Agora, há quem queira recuperar a ideia.

Homem sofre ferimentos graves depois de cair em rochas do Porto de Aveiro

Um homem, de 55 anos, sofreu esta terça-feira ferimentos graves depois de cair no molhe sul do Porto de Aveiro, incidente que obrigou ao resgate da vítima nas rochas, adiantou à Lusa fonte da Autoridade Marítima Nacional (AMN).