Info

Funcionários de escola em Barcelos fazem greve para exigir reforço do pessoal

| Norte
Porto Canal com Lusa

A Escola Secundária Alcaides de Faria, em Barcelos, está hoje sem aulas desde as 08:00, em resultado de uma greve dos funcionários, que exigem o “urgente” reforço do pessoal, disse um dirigente sindical à Lusa.

Atualizado 08-03-2019 12:36

Segundo Orlando Gonçalves, coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte, a greve naquele estabelecimento de ensino do distrito de Braga começou às 08:00 e terminará às 10:30.

“Esta escola tem perto de 1.700 alunos e só conta com 24 funcionários, três dos quais estão de baixa prolongada, por doença”, referiu.

Para o sindicalista, aquele número de funcionários “nem sequer cumpre o rácio da portaria governamental”.

“Pelo rácio, faltam seis, mas para a escola funcionar em condições seriam precisos, pelo menos, dez”, sublinhou.

O responsável lembrou ainda que aquela escola tem ensino noturno, o que desde logo “desvia” dois funcionários para aquele período.

Além disso, os funcionários estão constantemente a ser “desviados” para outras escolas do agrupamento, para suprir carências que vão surgindo.

“Desde 2010, saíram 15 funcionários para aposentação e entraram quatro”, disse ainda Orlando Gonçalves.

Para o líder sindical, o número de funcionários na Alcaides de Faria “é manifestamente escasso” e resulta numa “situação muito complicada” para os que estão ao serviço.

Orlando Gonçalves disse que, em anos anteriores, a escola ainda tinha alguns trabalhadores contratados à hora, os chamados tarefeiros.

“Este ano, nem isso”, lamentou.

+ notícias: Norte

Encontrado cadáver junto da A28 na avenida AEP no Porto

Um cadáver do sexo masculino foi encontrado, este sábado, junto da A28 no avenida AEP no Porto, apurou o Porto Canal com fonte da PSP.

Eduardo Vítor Rodrigues afirma que o avanço da Regionalização não é precipitado porque há 20 anos que se espera o desenvolvimento

Depois dos autarcas do Porto e de Lisboa agora é o presidente da Área Metropolitana do Porto a dizer que não entende como se pode afirmar que é precipitado avançar com a regionalização. Eduardo Vítor Rodrigues lembra que há 20 anos que se aguarda pelo desenvolvimento do processo. Uma tomada de posição no mesmo dia em que a ministra da coesão considerou que a regionalização é algo que ainda tem de amadurecer.

Área Metropolitana do Porto diz que passe família pode entrar em vigor em janeiro

O passe família no Grande Porto deverá entrar em vigor em janeiro do próximo ano. A garantia foi dada por Eduardo Vítor Rodrigues autarca de Vila Nova de Gaia e presidente do conselho metropolitano que impôs ainda uma data às transportadoras para adquirirem os validadores para que o passe único intermodal seja para todos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Atitudo - Artes Marciais &...

Nota Alta

"A cidade do Porto está com um...

N'Agenda

"Gosto de estar a par do rap que...