Info

Parada militar no Molhe do Porto com 1.500 militares das Forças Armadas

Parada militar no Molhe do Porto com 1.500 militares das Forças Armadas
| Norte
Porto Canal com Lusa

Cerca de 1.500 militares dos três ramos das Forças Armadas deram hoje início, pelas 09:15, no cais do Molhe, no Porto, à cerimónia militar comemorativa do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Fechadas ao trânsito, nas avenidas da marginal do Porto – avenidas do Brasil e de Montevideu – estão 1.460 militares do Exército, Marinha e Força Aérea, e ao largo da praia do Molhe está o navio patrulha oceânico “Figueira da Foz”.

O desfile da parada, previsto para as 11:00, contará com 75 viaturas militares e haverá também um desfile aéreo, com 11 aeronaves.

Um C-130, um C-295, quatro Alfajet e quatro F-16 sobrevoarão o céu do Porto no sentido sul-norte (Porto/Matosinhos).

Segundo o porta-voz das Forças Armadas, Helder Perdigão, pela primeira vez, as comemorações militares do 10 de Junho contam com a presença de 25 cavalos, designadamente nove da Escola de Mafra e 16 do Colégio Militar.

A chegada do Presidente da República ao local está prevista para as 10:00.

Após os atos comemorativos no Porto, que acolhe novamente este ano as comemorações depois de 11 anos, Marcelo Rebelo de Sousa segue para o Brasil, deslocando-se a São Paulo e ao Rio de Janeiro.

+ notícias: Norte

Três projetos nacionais finalistas no concurso da nova ponte sobre o Douro para o metro

Três gabinetes portugueses de engenharia são os finalistas da primeira fase do concurso público de concessão da nova ponte sobre o rio Douro, que, segundo a Metro do Porto, deverá ser adjudicada no início de dezembro, foi hoje anunciado.

Marcelo Rebelo de Sousa espera que "o aumento dos combustíveis não dure mais que os seis meses"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações ao Porto Canal, na manhã desta segunda-feira, numa visita à Escola Básica e Secundária de Campo, em Valongo, que espera "que o aumento dos combustíveis não dure mais do que seis meses".

Vacinação em simultâneo contra a covid-19 e a gripe está a ter bastante adesão no centro de vacinação de Grijó

A vacinação em simultâneo contra a covid-19 e a gripe está a ter bastante adesão no centro de vacinação de Grijó, em Vila Nova de Gaia. Em declarações ao Porto Canal, os utentes que se encontram em fila de espera estão "otimistas". 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.