Info

Providência cautelar da OTOC remetida ao tribunal administrativo

| País
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 23 mai (Lusa) -- O pedido da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC) para o tribunal inibir multas aos contribuintes que entreguem fora de prazo declarações fiscais foi remetido para o tribunal administrativo, por o tribunal tributário se considerar incompetente, informou hoje a OTOC.

No início da próxima semana, o Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa "vai pronunciar-se" sobre a admissibilidade da providência cautelar e o pedido de ação principal entregue pelos OTOC, para alargar até 15 junho o prazo de entrega das declarações fiscais que termina este mês, mas que os técnicos oficiais de contas (TOC) dizem não conseguir cumprir devido à inoperacionalidade do Portal das Finanças.

"Por despacho do Juiz da Unidade Orgânica 4 do TT, decidiu, hoje, aquele tribunal que in casu, não está em causa qualquer tributo, mas tão só o pedido de prorrogação do prazo administrativo de entrega das declarações fiscais", explica a ordem, justificando assim que o pedido de providência cautelar tenha sido agora remetido para o tribunal administrativo.

A ordem pede ao tribunal que aceite os argumentos dos TOC, que se dizem impedidos de cumprir os seus deveres profissionais de entrega das declarações fiscais das entidades pelas quais são fiscalmente responsáveis.

"Em consequência, apesar de tal atraso não lhes ser imputável, podem ser responsabilizados civilmente pelos prejuízos causados aos contribuintes seus clientes e fiscalmente pelas coimas aplicáveis", diz a OTOC no comunicado hoje divulgado, adiantando ter escolhido entregar o pedido de providência no tribunal tributário por se tratar dos prazos de cumprimento das obrigações declarativas de natureza fiscal, mas não foi este o entendimento Tribunal.

VP// ATR

Lusa/fim

+ notícias: País

Quercus denuncia a existência de uma corrida ao lítio em Portugal

A associação ambientalista Quercus denuncia a existência de uma corrida ao lítio em Portugal. Nos últimos três anos, 79 municípios receberam pedidos de prospecção.

Notas do 9.º ano descem a Português e Matemática volta à positiva

As médias dos alunos do 9.º ano nos exames desceram este ano a Português e a Matemática, voltando a uma média positiva, mas com uma taxa de reprovação ainda a rondar os 30%, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Cada português consumiu no ano passado 3,3Kg de açúcar em 60 litros de refrigerante

Cada português consumiu no ano passado 60 litros de refrigerantes, o que equivale a 3,3 quilogramas de açúcar, um valor menor do que no ano anterior, quando começou a ser aplicado o imposto sobre estas bebidas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.