Info

Covid-19: Processo eleitoral na Casa do Douro foi suspenso

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Real, 23 mar 2020 (Lusa) -- O Ministério da Agricultura determinou hoje a suspensão do processo eleitoral na Casa do Douro enquanto vigorar o estado de emergência motivado pela pandemia covid-19.

O ministério referiu, em comunicado, que "tendo em conta o contexto marcado pela pandemia da covid-19 e a necessidade de distanciamento social e de isolamento profilático", decidiu suspender o "processo eleitoral na Casa do Douro, enquanto vigorar o estado de emergência".

As eleições para a Casa do Douro, com sede no Peso da Régua, distrito de Vila Real, estavam marcadas para o dia 16 de maio.

De acordo com o calendário eleitoral divulgado, a entrega das listas de candidaturas para a direção da Casa do Douro reinstitucionalizada e delegados municipais do conselho geral teria de ser feita entre os dias 23 de março e 03 de abril.

A nova lei que reinstitucionalizou a Casa do Douro como associação pública e de inscrição obrigatória entrou em vigor a 01 de janeiro e foi aprovada na Assembleia da República,

Em julho, o Presidente da República promulgou o decreto-lei que reinstitucionalizou a Casa do Douro como associação pública de inscrição obrigatória, depois de ter vetado a primeira versão do diploma.

A versão reapreciada do documento foi aprovada em 05 de julho com os votos favoráveis de PS, BE, PCP, PEV, PAN e pela então deputada social-democrata eleita pelo círculo de Vila Real, Manuela Tender, e os votos contra de PSD e CDS-PP.

A Casa do Douro, criada em 1932, viveu durante anos asfixiada com uma dívida ao Estado.

O Governo PSD/CDS-PP concretizou uma alteração legislativa, transformando o estatuto de direito público e inscrição obrigatória em associação de direito privado e de inscrição voluntária, um processo que foi, entretanto, revertido.

PLI // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Lar de Arcos de Valdevez: delegada de Saúde terá recomendado o regresso ao trabalho dos funcionários que são assintomáticos

A delegada de Saúde responsável pelo acompanhamento de casos positivos de Covid-19 no lar de Santa Maria de Grade, em Arcos de Valdevez, terá recomendado que os funcionários testados positivos mas que estivessem assintomáticos regressassem ao trabalho. Ao que o Porto Canal apurou a delegada de Saúde garante estar a seguir as orientações nacionais.

Presidente da Junta de Rio Tinto em Gondomar diz estar preocupado com pessoas que desrespeitam medidas de contenção

O presidente da Junta de Rio Tinto diz que já perdeu a conta às vezes que ligou para as autoridades devido aos infratores. Esta é a maior freguesia do concelho de Gondomar, as pessoas parecem não estar a cumprir as medidas de contenção.

Aldeia de São Pedro Velho em Mirandela preocupada com escoamento da produção de morango devido ao Covid-19

A aldeia de São Pedro Velho, em Mirandela, conhecida pelo morango, produz anualmente 100 toneladas deste fruto mas este ano teme que a colheita seja difícil de escoar devido à pandemia de Covid-19. A feira anual já foi cancelada e é preciso agora arranjar novas formas de vender estes morangos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.