Info

PJ detém em Vila Real homem procurado desde 1999 por homicídio em Itália

PJ detém em Vila Real homem procurado desde 1999 por homicídio em Itália
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, em Vila Real, que era procurado desde 1999 por ter sido condenado a 25 anos de prisão pelo crime de homicídio em Itália, anunciou esta segunda-feira esta força policial.

A Unidade de Informação de Investigação Criminal da PJ informou, em comunicado, que localizou e deteve, na passada semana, um cidadão estrangeiro, em cumprimento de um mandado de detenção europeu emitido pelas autoridades judiciárias italianas.

A polícia disse que o detido, de 56 anos, residiu em Itália, onde foi condenado a uma pena de 25 anos de prisão pelo crime de homicídio.

De acordo com a PJ, o homem "era procurado desde 1999, nunca tendo sido localizado".

A Judiciária explicou que teve conhecimento que o indivíduo poderia encontrar-se no Norte de Portugal, tendo-o localizado e detido no concelho de Vila Real.

Depois de detido, foi presente ao Tribunal da Relação de Guimarães que determinou que ficasse a aguardar os posteriores termos do processo de extradição, sujeito à medida de coação de prisão preventiva.

+ notícias: Norte

Declaração do Rivoli está suspensa após reunião entre António Costa, Rui Moreira e Eduardo Vítor Rodrigues

Está suspensa a Declaração do Rivoli que pedia ao Governo a paragem imediata do processo de Descentralização para novas negociações com os autarcas. Uma decisão anunciada por Eduardo Vítor Rodrigues em exclusivo ao Porto Canal após uma reunião entre António Costa, Rui Moreira e o próprio de Eduardo Vitor Rodrigues.

Operação Éter: Autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras arguidos em investigação às lojas de turismo

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito da Operação Éter.

Edifício que está a ser construído em Campanhã para um hospital privado passa a hotel sem conhecimento da Câmara

O edifício que está a ser construído em Campanhã junto ao Estádio do Dragão vai ser uma unidade hoteleira mas o projeto inicial destinava-se a um hospital privado. Uma alteração que a Câmara do Porto diz desconhecer e garante desde já que o Plano Diretor Municipal não o permite.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.